O destino é um moinho que gira sem parar, movido pela roda da vida. Em dia de tempestade ele gira, é grito. Em dia de sol ele pausa, é calmo.

Seja otimista independente das circunstâncias, pois ele nunca para, nem nos desertos, nem nos oásis de seus dias.

Um moinho que faz pedras voltarem ao pó. Que molda, constrói, e alicerça o melhor de cada um.

É preciso confiar que entramos rochas pesadas e brutas e sairemos diamantes brilhantes e lapidados.

Transformação essencial. Planos bem traçados. Mudanças planejadas.

Atitude no tempo certo faz do chão deserto, boa estrada.

Sonhe bem alto, pois é lá que Deus fica.

O moinho é seu, sopra forte, acredita. Vai na fé.

A cada ventania, verás que as dificuldades ficam menos assustadoras e nos lugares que antes tu caia, hoje já consegue ficar sempre de pé.

LEIA MAIS: Mude a pessoa que você vê no espelho e verá o seu mundo mudar

Deixa sua zona de conforto para trás. Vai mesmo com medo de mudar. Zonas de conforto são sempre obscuras. São máquinas de moer vida, comem teu futuro, destroem teu destino, fazem teu moinho parar.

Quantas tristezas, guerras e desafios você, bravamente, tem combatido?

Então pra quê continuar insistindo em algo que te prende há anos no mesmo lugar?

É hora de voar, de tentar um novo traçado.

Faça teu futuro muito melhor que teu passado.

Se teu suor ainda não mudou teu mundo, é certeza que deixou o moinho fortalecido.

Sonhe alto. A caminhada é longa, mas com fé e luta, o final será o esperado.

No fim, será aquele que o destino deixou reservado: O trono de ouro do guerreiro incansável.

Mantenha sua mente inabalável. Não a ocupe com cadeados imaginários.

Dom Quixote, o louco é que lutava contra moinhos. Use o tempo e o destino ao seu favor. Faça deles aliados.

O ontem não volta e o amanhã é uma porta.

Livre-arbítrio: Você entende isso?

Sabedoria é agir no tempo certo. Nunca no grito. Sempre na calma. Sempre na paz. Nem antes e nem depois. Igual o moinho. Tudo ao tempo permitido, de acordo com os ventos vindos. Sem precisar girar rápido demais. Sem lamentos nas tormentas. Com alegria pelas graças conquistadas. Cheio de esperança como a luz que nunca se apagou.

O destino é um moinho, que gira sem pressa, que nunca parou. O destino é Deus dizendo VEM, o universo dizendo SIM e tua fé dizendo VOU.

E aí?

Vai soprar forte teu moinho ou deixar o vento forte te levar?

VISITE TAMBÉM A FANPAGE DO SEU AMIGO GURU E INSPIRE-SE.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cleonio Dourado
Escrever é uma fuga que sempre uso. Não tenho temas. Não tenho destinos. Alguns devaneios e desatinos, quem sabe. Solto as palavras ao vento. Viajo ao vê-las viajando pelo ar. Recolho as que voltam nos relentos das manhãs e me lavo em seus afagos. Eu me aguo, renasço. Palavras me acariciam a alma, despertam-me sentimentos, paz, calma. Leio, releio, rascunho e escrevo. Faço dos textos da minha lida, as estrelinhas da minha vida