O que vai te curar é essa sua vontade de seguir em frente.

Claro que você terá picos de dor. Só não deixe morrer o melhor que há em você.

Você tem direito ao seu luto, tem direito de voltar quando bem entender. Só não transfira esses sentimentos para onde possam ser acumulados em lugares muito profundos.

Deixe tudo ir. A vida continua. Continue acreditando. Você vai se curar. Só você tem o poder de se trazer de volta.

O remédio é o tempo e a sua força de vontade em não se estagnar diante de tudo que passou.

Você é uma menina de fé, de fases, de reaproximação.

Enfrenta, acredita; recebe com amor a cura que Deus envia como o sagrado que a eleva e a coloca em um lugar menos prejudicial para seu ser.

LEIA TAMBÉM: Não dramatize sua vida. Todas as batalhas são pequenas diante da força que obtemos de Deus

Não está certa, não está errada, não está querendo saber quem tem razão.

Apenas se divide entre o seu tempo e o tempo de Deus.

Sei que as vezes você é guerra e paz, e também é a lucidez de quem também sabe viver um amor tranquilo.

Não importa o que tenha acontecido, as coisas que tenha ouvido, os sentimentos que não foram sentidos. Você sabe a que veio, sabe o que deseja, sabe o que tem escolhido e colhido.

Sabe que aí dentro tem muita coisa boa para ser doada para quem tem compatibilidade espiritual.
E sei o tanto que você gosta de sentir com a alma. O tanto que você gosta… porque sabe que esse tipo de entrega faz bem ao seu coração.

E é isso que te faz diferente, tenha certeza que o que vai te curar é essa sua vontade de seguir em frente.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Sil Guidorizzi
Sou Paulista, descendente de Italianos. Libriana. Escritora. Cantora. Debruço-me sobre as palavras. Elas causam um efeito devastador em mim. Trazem-me â tona. Fazem-me enxergar a vida por outro prisma. Meu primeiro Livro foi lançado em Fevereiro de 2016. Amor Essência e Seus Encontros pela Editora Penalux. O prefácio foi escrito pelo Poeta e Jornalista Fernando Coelho. A orelha escrita pelo Poeta e jornalista Ivan de Almeida. O básico do viver está no simples que habita em mim.