Firme a sua intenção no seu propósito de vida! Fixe os seus pensamentos em situações que te façam crescer como pessoa e como profissional! Seja para o outro o que você gostaria que o outro fosse para você. Não devolva a ingratidão na mesma moeda. Quer uma mudança significativa nas suas relações? Dê o exemplo!

Muitas pessoas esperam que o acaso resolva seus problemas, que o acaso traga a solução para as suas dúvidas e inseguranças, e se jogam no vento pensando: “Onde os ventos soprarem mais forte, onde eles me levarem, será o melhor para mim”.

Mas se enganam pois o “vento” só acata o nosso comando, mesmo que, invigilantes, não nos atentemos, quem nos enviou para onde estamos, não foi o “vento”, ou o acaso, foi o nosso “equilíbrio ou “desequilíbrio” emocional!

O que nos leva a uma situação de dor, de sofrimento, ou de alegria e vitórias, é a força da nossa intenção.

Quando nos apegamos a sentimentos inferiores, nossa intenção fica impregnada, nosso ego domina, e mesmo que achemos que estamos “neutros”, não estamos, inconscientemente, estaremos atraindo o que estamos vibrando, se forem dúvidas, virão mais dúvidas, se forem inseguranças, virão mais situações que nos causem inseguranças… E assim por diante.

Temos que estar certos de como as coisas funcionam para não sermos os nossos principais inimigos. E é esse o grande motivo das doenças da mente, e das doenças emocionais serem hoje uma das causas de maiores quedas de vidas e distanciamento de propósitos. Estamos sendo nossos piores inimigos.

LEIA MAIS: Ore mais! Deus está preparando as suas bençãos enquanto você ora!

Infelizmente, poucos de nós são pessoas que edificam. Que entram em um lar desestruturado e ao invés de julgar e vibrar em pensamentos críticos, se aliando as forças que já contaminam aquela família, acessam o mais intimo do seu ser para vibrar amor e entendimento.

Não existe melhor remédio para as doenças da alma do que o amor

O amor tem o poder de curar tudo. Mas infelizmente temos uma ideia errada sobre o amor. Muitas mães, dizem amar seus filhos, mas inconscientemente vibram para que todos os projetos que eles decidam fazer, que não estejam de acordo com o que elas sonharam para eles, deem errado, e eu disse inconscientemente, elas não fazem isso de maneira racional, fazem porque o amor que dizem sentir ainda está longe do amor incondicional ensinado por Jesus.

Dei o exemplo da mãe porque é o amor mais forte que temos contato, mas todos nós, mesmo não sendo mães, em muitas fases de nossas vidas, vibramos errado acreditando que estamos amando.

O egoísmo é tão impregnado em nossos atos que acabamos afundando nossos filhos, ou parceiros, em um amor tóxico, que exige, cobra, pressiona, os deixando envenenados por um amor que não é amor, é uma mistura de ciúmes, ego e posse. Mas não é amor!

O amor aceita, edifica, respeita as escolhas, vibra positivamente, e nunca duvida da providencia divina. O amor nunca perde a fé e a esperança. Se uma mãe, ou uma pessoa qualquer, diz: “Estou perdendo a fé”. Ela com certeza não está vibrando no amor. Isso é totalmente impossível. Quem ama verdadeiramente, nunca perde a fé e nunca se alia as forças negativas do Universo.

LEIA MAIS: A pessoa que vive o presente nunca desenvolverá ansiedade, é o que diz o TAO

Quem ama sofre também, se entristece, mas não permanece nesses sentimentos inferiores por muitas horas!

Jesus lutava constantemente contra essas forças, não é mesmo?

Quem lembra das passagens onde ele pede e roga ajuda a Deus, e mesmo quando a luta parecia desleal e ele rogava querendo saber porque Deus o tinha abandonado, em poucos minutos ele caia de joelhos e se arrependia de ter duvidado daquilo que Deus queria ensinar a ele.

Infelizmente meus amigos, algumas coisas só aprendemos no sofrimento, mas a dor que ele causa não deve ser encarada como algo nefasto, deve ser acolhido como aprendizado. Aprenda logo a lição e o sofrimento desaparece como mágica.

É fato.

Viemos para esse mundo para aprender a amar e temos essa missão durante a vida, a de nos desnudar do apego e de tudo que é contrário ao amor.

Muitas pessoas se confundem, e acreditam que amar exige comportamentos, ações, desejos, que não são nem de longe o maior objetivo do amor.

A única e provável função do amor é transformar o que antes era dor e sofrimento, medo e ansiedade, raiva e ressentimento, todo e qualquer sentimento de culpa, de tristeza e ciúmes, porque o amor é o responsável por mandar embora todas essas impurezas que nos adoecem.

É um verdadeiro milagre a forma como o amor age em nós e nos outros.

O amor não é fruto do acaso, é resultado da nossa intenção em amar. Coloque essa intenção em tudo em que você fizer, em todos com quem se relacionar. E verá a sua vida mudar para melhor, instantaneamente.

Agradeça os pequenos milagres que acontecem a cada dia em sua vida. Não pense no que ainda não tem, no que ainda não está bom, agradeça por essas situações te fortalecerem. A gratidão abre caminho para que o bem entre em nós e nos conecte cada dia mais ao amor verdadeiro, aquele que Jesus veio nos ensinar!

Aprenda com Jesus, não apenas o louve e o adore, faça isso também, mas sobretudo, aprenda com ele! É isso que viemos fazer aqui.

VISITE A FANPAGE DO SEU AMIGO GURU E INSPIRE-SE

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!