Vovó Fitness denuncia que sofreu ‘gostosofobia’ em academia

A situação constrangedora aconteceu em uma unidade de uma academia em Búzios, segundo ela, um dos funcionários a abordou de uma forma preconceituosa e a proibiu de gravar seus vídeos dentro da academia.

Andréa Sunshine, tem 53 anos, mas ficou conhecida nas redes como a ‘Vovó Fitness’, ela mora na Inglaterra, mas estava no Brasil e resolveu frequentar uma rede de academias para treinar e fazer seus vídeos para o Instagram.

Segundo informou o Extra, enquanto fazia seus vídeos da rotina de treinos, um funcionário que se apresentou como gerente da unidade da Região dos Lagos, em Búzios, a constrageu em público. Ela reclama que foi vítima de “gostosofobia”.

O termo usado pela vovó fitness remete ao preconceito com pessoas “gostosas”. Ela disse:

“Tive um treino maravilhoso e fiz as minhas imagens para as postagens no Instagram. Mas, para a minha surpresa, no sábado, 18, fui abordada durante a metade das minhas atividades por um funcionário que se dizia gerente. Disse a ele quem eu era, porém, ficou pior. Ele pediu para ver meu Instagram, eu prontamente mostrei, e ele reagiu com um ar de desdém e soltou um: ‘ah, você é famosa… Mas, me desculpe, não pode gravar”, contou.

Na visão da Vovó Fitness, o colaborador da academia a constrangeu de uma forma preconceituosa.

“Por conta do meu trabalho internacional reconhecido como influencer fitness, estava gravando imagens de mais um dia de treino. Não quero discutir política interna, apesar de achar a deles obsoleta, pois estamos na era digital e todos os simpatizantes e influencers dessa área fazem postagens de suas rotinas em academias espalhadas pelo mundo todo. Mas, sim, o constrangimento preconceituoso de ‘gostosofobia’ “, destacou.

Ela acredita que a conduta do funcionário talvez teria sido mais respeitosa e gentil se fosse com um homem. Ela afirma que se sentiu diminuída, constrangida e inferiorizada com o ocorrido, já que a academia estava lotada.

A vovó fitness diz ter se sentindo prejudicada pela forma como a abordagem foi feita e registrou uma denúncia no órgão de defesa do consumidor, pela forma que foi tratada.

O que você acha, ela sofreu a tal da “gostosofobia”? Ou era a política interna da academia mesmo?

*DA REDAÇÃO SAG. Fonte: Extra.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!