Você não precisa de um mestre; A vida é seu maior professor

“Esqueça o que te machucou, mas nunca esqueça, quem te ensinou.” ~Desconhecido

Podemos passar a vida procurando por mestres, tentando aprender com os especialistas e procurando aqueles que aparentemente têm as respostas para nossas perguntas, mas o que muitas vezes ignoramos é que as respostas que tanto queremos estão sempre nas experiências que vivenciamos.

Não encontramos as respostas quando encontramos um mestre; nós as encontramos ao longo do caminho, como parte da nossa jornada.

Às vezes, um mestre pode nos ajudar a descobrir as respostas internas, mas também há muito mais que aqueles que encontramos em nossas experiências ao longo do caminho, podem nos ensinar sobre a jornada da vida.

As lições podem vir de nossos filhos, nossos parceiros, nossos amigos, nossos inimigos e, acima de tudo, de nós mesmos.

Muitas vezes, não precisamos de um mestre. Podemos ser nossos próprios professores se nos permitirmos aprender com nossos erros.

Um monge me disse uma vez que não há erros, apenas lições, e somos um produto das lições que aprendemos. Como diz Thich Nhat Hanh: “Sem lama não pode haver lótus”.

Ficamos mais fortes com nossos desafios; aprendemos ou crescemos com essas experiências, e é isso que nos torna quem somos.

A vida nem sempre é facil. As coisas às vezes não saem como planejado, e muitas vezes, não temos sucesso até que tenhamos aprendido uma lição e tentado novamente, falhando mais, falhando melhor.

Aprendi lições valiosas com pessoas que entraram e saíram da minha vida (muitas vezes apenas por encontros fugazes).

Aprendi tanto com relacionamentos fracassados, ​​quanto com aqueles que evoluíram ao longo de diferentes partes da minha vida. Aprendi a ser mais fortes agora do que nunca.

A traição de um amigo me ensinou sobre o perdão. O amor de um amigo me ensinou sobre confiança. Meu sobrinho me ensinou a importância de ter tempo para brincar, e meus animais de estimação me ensinaram o poder do amor incondicional.

A depressão me ensinou que é pelas frestas que a luz entra, e o esgotamento me ensinou sobre minhas verdadeiras prioridades e o valor do autocuidado.

Um incêndio em casa me ensinou sobre apego, e um sem-teto me ensinou a ser grato pelas pequenas coisas que tenho.

O sucesso é um produto do aprendizado de experiências e fracassos – um produto de nossa vida, nossas experiências e as pessoas que encontramos ao longo do caminho. Este é o material que nos molda e constrói nosso mundo, vem de dentro, não de um especialista ou guru.

Sim, temos professores formais com os quais podemos aprender — nossos pais, nossas escolas, nossos gurus, aqueles a quem aspiramos e admiramos. Mas nunca subestime o poder das lições que as pessoas “comuns” vão nos ensinar e, de fato, as lições que aprendemos das nossas experiências enquanto navegamos pela vida.

Então, pare um momento e pergunte a si mesmo o que você pode aprender com suas circunstâncias atuais e as pessoas em sua vida.

O que quer ou quem quer que você esteja enfrentando pode muito bem ser seu maior professor – e um trampolim para uma maior paz, propósito e felicidade.

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações tinybuddha. Foto do Center for Aging Better no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!