Neste ano, entenda que só precisamos do essencial para termos uma vida digna e feliz!

Quando você descobre que a felicidade é um estado de esprito e que não depende dos fatores externos para determina-la, você vive melhor nesse mundo que visa a competição e o status!

Nesse ano, coloque o “pé no freio”, viva mais devagar, aprecie mais a natureza, tenha mais tempo com sua família, com os amigos e até mesmo com seus animais de estimação!

Viva bem! Bem- humorado, bem-amado, bem-feliz, viva de bem com você mesmo!

Neste ano, entenda que só precisamos do essencial para termos uma vida digna e feliz! Não há nada de mal em querer o melhor, mas é errado adoecer e deixar de viver buscando um padrão que não levaremos conosco!

Viva a vida com plenitude, ela tem muito mais a oferecer!

Que as metas para esse ano, para todos nós, sejam: fazer tudo aquilo que não tivermos tempo para fazer!

Devido a vida corrida do trabalho; que priorizemos tirar férias e fazer aquela viagem que tanto planejamos!

Que possamos sentar para tomar um café com aquela pessoa querida que há tanto tempo não a vemos!

Que tenhamos oportunidade para visitar alguém que prometemos visitar há anos!

Que nos dediquemos mais a nós próprios, a nossa saúde física e emocional!

Que escutemos mais o nosso coração e que façamos valer a pena cada tempo do nosso dia com coisas que são verdadeiramente importantes!

Vamos viver da melhor maneira possível reduzindo o nosso tempo dentro de salas com ar artificial, que em busca do melhor, vivamos respirando o ar da vida, aumentando o nosso convívio com as pessoas que amamos, sendo o nosso melhor!

Bens materiais trazem satisfação imediata, mas não te faz verdadeiramente feliz!

Não ESTEJA uma pessoa feliz, SEJA uma pessoa feliz!

Para isso, precisamos de muito pouco, apenas de família, amor, sinceridade, consideração, empatia, amizade e do essencial para uma vida digna.

Neste ano, eu desejo de todo o meu coração que você, eu, nós, sejamos verdadeiramente felizes!

Que nos aceitemos do jeito que somos e não do jeito que a sociedade quer que sejamos!

Um feliz ano para todos nós!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Daniele Fidelis
Papel e caneta sempre foram meus confidentes . Nele consigo expressar os meus mais sinceros sentimentos e espero poder toca-lós e ajudá-los com que escrevo sobre a vida e o meu cotidiano! Escrever é uma arte e é aqui que me sinto à vontade.