Vietnã reabre após medidas duras e dá exemplo! Nenhuma morte por covid!

O Vietnã adotou medidas duras de isolamento social e cumpriu com todas as recomendações da OMS (Organização Mundial de Saúde), agiu assertadamente e de maneira responsável a tempo de não registrar nenhuma morte por covid-19 no pais. E cerca de 4 meses depois, reabre suas portas ao mundo com a notícia boa de que venceu a covid-19 e se prepara agora com força total para retomar a economia.

O Vietnã tem quase a metade da população Brasil, 100 milhões de habitantes –e registrou apenas 313 casos até então, confirmados, de coronavírus e, pasmem, nenhuma morte, até este sábado, 16 de maio.

A doença já deixou 310 famílias em luto, simplesmente não amargou a vida de nenhuma no país asiático.

Agora vem a pergunta que não quer calar: Como eles conseguiram isso?

O país fica a apenas 2 mil km de Wuhan, o epicentro da doença.

Quer saber como eles fizeram essa proeza?

3 atitudes são as responsáveis pela feito inédito:

O encarregado de Negócios da Embaixada do Vietnã no Brasil, Le Viet Hoang, explicou ao Jornal BrasíliaInFoco: “a estratégia correta e oportuna do governo, a atitude responsável do povo… [e] a comunicação aberta e transparente [do governo]”.

Primeiros passos

Quando o primeiro caso apareceu em dezembro de 2019 na China, em alerta, o Vietnã já se articulou para no mês seguinte, em janeiro, criar um Centro de Emergência em relação ao COVID-19 – a sua inauguração aconteceu exatamente um dia depois do primeiro caso ser confirmado no Vietnã

“O Vietnã começou a rastrear e testar a temperatura corporal das pessoas, isolar e classificar os infectados por níveis F1 a F5, desde os primeiros dias da epidemia”, relatou Le Viet Hoang.

Mesmo com essas medidas efetivas, em 1º de fevereiro, o primeiro-ministro Nguyen Xuan Phuc anunciou o surto da doença em três localidades. E existiam apenas 6 casos no país. A próxima ação, no mesmo mês, foi o fechamento de todas as escolas do país.

Os voos internacionais foram sendo cancelados gradualmente, em março, visto que o governo entendeu que o vírus poderia continuar entrando no país, foi suspensa temporariamente a entrada de estrangeiros (exceto aqueles que entrariam no país para fins diplomáticos, oficiais e outros).

A utilização de máscaras e o isolamento

“O uso de máscaras em locais públicos se tornou uma regra obrigatória. No final de março, o Vietnã implementou em todo o país regimes de isolamento social e de quarentena. As pessoas só foram autorizadas a deixar suas casas para comprar alimentos ou ir a postos de saúde e farmácias. Todos que entraram e entram no Vietnã devem fazer exames médicos e quarentena obrigatória nas instalações designadas”, explicou Le Viet Hoang.

Mais de 200.000 testes foram realizados em casos suspeitos.

Imprensa e governo adotaram a mesma linguagem

De acordo com informações do site SNB, “para explicar a gravidade da situação à população, o Ministério da Saúde publicou informações sobre a doença, usou mensagens de texto e aplicativos. A imprensa também ajudou a fazer a divulgação em massa de informações sobre a covid-19, o que facilitou a prevenção do novo coronavírus.A notícia foi tratada com tanta seriedade pelo governo e pela população que o Vietnã nem precisou fazer lockdown, ou seja, não fechou o país completamente.”

Abertura parcial do país

Esse mês o Vietnã começou a reabertura parcial do país.

“Agora, como a epidemia foi controlada, atividades sociais estão retornando gradualmente à “nova normalidade”, disse Le Viet Hoang.

As escolas e universidades em todo o país foram autorizadas a reabrirem no último dia 4 de Maio, seguindo critérios de segurança emitidos pelo Ministério da Educação e Formação.

População educada e obediente

“As políticas e resoluções de prevenção do governo foram seriamente aceitas pelas pessoas desde o início. Em muitos sites de notícias, fóruns, redes sociais, de muitas maneiras criativas, as pessoas mostraram sua resposta positiva refletidas em vídeos, músicas, coreografias exclusivamente desenvolvidas para o tópico combate ao Covid-19 que se tornou viral no país”, afirmou.

Esperança

“os vietnamitas tinham a esperança de se tornar um dos países com os mais baixos indicadores relacionados ao Covid-19 do mundo e superar a epidemia com o mínimo de fatalidade”, completou Le Viet Hoang.

As medidas de segurança não serão relaxadas

Ainda segundo informações do Jornal Brasiliainfoco, o primeiro-ministro emitiu um novo decreto permitindo “o relaxamento de isolamento social para restaurar as atividades sócio-econômicas e garantir um bom controle de epidemias, particularmente em Hanói, na cidade de Ho Chi Minh e nas principais cidades”.


Atenção as restrições que continuam vigentes no país:

– As localidades de alto risco continuam implementando estritamente o isolamento social. As pessoas não devem sair de casa. Também não é permitido reunir mais de 20 pessoas em público.

Nas localidades de baixo risco as pessoas também não podem sair de casa e ficam proibidas as reuniões com mais de 30 pessoas em público.

– Foi autorizada a abertura de estabelecimentos comerciais e de serviços (atacado, varejo, loterias, hotéis, estabelecimentos de alojamento, restaurantes, bares.) e áreas de treinamento esportivo, desde que eles cumpram com as medidas para garantir a segurança contra epidemias.

– O transporte público entre cidades pode ser retomado, seguindo as medidas de segurança.

– Nas escolas reabertas, o número de alunos é reduzido, com distanciando entre os assentos nas salas de aula, reorganização do horário escolar, horário do almoço e atividades em grupo escalonados, desinfecção das salas de aula e atividades on line.

“A guerra não acabou para ninguém”, “vencemos batalhas, fazemos campanhas, mas a batalha ainda continuará”, alertou Le Viet Hoang.

*DA REDAÇÃO SEU AMIGO GURU. Com informações de Brasilia In Foco e SNB.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!