Deixe essa escuridão, essas pessoas negativas e essa incredulidade pra trás. Deus é mais!

… Então alguém chega e te diz que você não pode, que não dá conta, que o quê você quer não é pra você. Então diz que você é fraco, é ruim, não sabe fazer.

Essa voz do atraso te arrasta pra trás, te puxa pra baixo e diz pra você nem ir. Fala na tua cara pra você deixar de passar vergonha, parar e desistir.

E você acredita, assimila tudo aquilo e sente receio de tentar de novo.

Você sente que perde as forças e, realmente, pensa em parar. Começa a sentir pena de ser quem você é. Nada nunca dá certo né?

Você começa a perder o foco, a vontade e a fé. E de tanto ouvir que não dá, esse medo do erro congela tua asas, mata a esperança, apaga a luz da tua alma e você não consegue mais sair do lugar.

Mas é preciso deixar de escutar gente assim.

Confia em ti, confia em Deus.

Sempre existe uma luz, sempre surge o milagre, sempre a benção vem.

Quem crê, vence, não cai, não escuta palavras que vêm ao contrário dos desejos que tem.

Quem luta e acredita, conquista.

Quem tem esperança, sorri.

Deixe essa escuridão, essas pessoas negativas e essa incredulidade pra trás. Deus é mais!

Vê essa claridade que entra pela janela? Não é o sol, é Deus lhe dizendo que te ama e que te prepara para vencer qualquer batalha.

Levanta, não desanda agora. Não abra os ouvidos para os sussurros de incertezas, abra o coração e veja com clareza os degraus que estão na sua frente.

Clareia sua mente.

Esse exercício constante de bater a cara na porta e das coisas não darem certo, são apenas degraus que devem ser pisados. Você não é um derrotado. São apenas obstáculos a serem superados.

O gol é a consequência de vários chutes errados.

Aprenda a dizer não para a dúvida que quer ocupar seu coração.

Aprenda a confiar na sua oração.

Aprenda a ter fé.

Continue em pé.

Tudo que é pra ser seu, será.

Basta distinguir o que ouvir e, também, o que não escutar.

Acredite em teu bom destino, siga teu caminho, continua tua luta. E o restante? Deixa teu Deus comandar!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cleonio Dourado
Escrever é uma fuga que sempre uso. Não tenho temas. Não tenho destinos. Alguns devaneios e desatinos, quem sabe. Solto as palavras ao vento. Viajo ao vê-las viajando pelo ar. Recolho as que voltam nos relentos das manhãs e me lavo em seus afagos. Eu me aguo, renasço. Palavras me acariciam a alma, despertam-me sentimentos, paz, calma. Leio, releio, rascunho e escrevo. Faço dos textos da minha lida, as estrelinhas da minha vida