Se a pessoa falou não uma vez, duas vezes, e precisou falar a terceira, é sinal que você é chato pra caramba!

Não existe coisa mais chata nesse mundo do que gente metida e soberba. Gente que se auto valida e avaliza, que se acha melhor do que os outros e exige mais do que entrega.

Tem gente que é tão chata que quer enfiar em você goela baixo uma coisa que você já repetiu infinitas vezes que não quer, não vai fazer, não está afim, e não tinha acordado aquilo.

Elas argumentam como se estivessem incrivelmente admiradas pela burrice que você, pessoa inferior a ela, e que nada sabe, tudo desconhece, está fazendo em não acatar a sua ordem. Ou como melhor argumenta: a sua ideia!

Elas se denominam persistentes, se acham demais, e possuem uma vaidade totalmente desconectada com a realidade.

Olham no espelho e enxergam uma imagem que não é exatamente a imagem que as pessoas compram, é apenas a imagem que elas vendem.

Mas se amam, e essa é uma coisa que talvez poderia ser boa para elas, mas como é exacerbado, cansa os outros.

O chato só é chato porque se acha legal

Se perdem pelo caminho tentando encontrar respostas onde elas não estão. Conectando pessoas que não possuem nenhum conteúdo, e criando teorias que não acrescentam em nada.

São os falsos profetas, moralistas e patriarcais. Aqueles que julgam mulheres por serem feministas, mas passa a mão na cabeça do garoto que “se passa” com a colega de trabalho.

Rejeitam oportunidades por falta de humildade, pois ao mesmo tempo que precisam aprender, não querem depender de ninguém para isso.

Geralmente, não respeitam o tempo e o espaço de ninguém, principalmente se estiver pagando pelos serviços, mas são daqueles que querem receber mais do que estão pagando.

Menosprezam o trabalho do outro quando precisam dele, dizendo que poderiam fazer sozinhos, mas não possuem tempo para isso. Porém, possuem tempo o suficiente para fazer cobranças desnecessárias no whatsapp.

Quando o ser é chato pra caramba ele subjuga os outros.

Por acharem “fácil demais” o que o outro faz, querem pagar um preço muito a baixo do que o serviço exige.

E por acharem suas ideias geniais, se surpreendem quando recebem uma negativa, e não aceitam muito bem, por isso, insistem.

Insistem incansavelmente porque não conseguem aceitar o fato de que precisam de um outro ser humano e que será preciso ser humilde para obter o que eles querem.

E humildade meus caros, não se compra, não se vende, não se fabrica. Humildade ou tem ou não tem.

Ou você é humilde ou você não é, não tem como tentar ser, ou jurar que será. Soa falso.

O que esses “persistentes”, vulgo “chatos” precisam entender é que até dá para aprender a ser humilde, mas antes de tudo na vida:

É preciso querer! Entender a humildade e o que ela representa, para poder acessar sentimentos muito nobres, e esses sentimentos, para quem não é humilde, faltam.

Pessoas arrogantes, prepotentes, vaidosas, soberbas, e chatas pra caramba?

Não, obrigada!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!