Ora de joelhos, mas quando quiser dance até o chão. Bem baixinho, reza toda noite tua oração e pra ajudar passar o dia, cante bem alto a tua canção.

Levanta a mão lá para o céu e levanta a mão lá no show.

Diga confiante seu amém e de vez em quando solte seu palavrão.

Comunga com fé e quando quiser bebe seu drink também.

Se emocione ao ler a Bíblia e sorria das bobagens do zap zap.

Compartilha os texto de amor e manda também aquele textão lacrador.

Não ligue muito pro que irão pensar.

Deus ama quem é humano. E humano tem as horas dos acertos e os momentos de errar.

Ninguém é perfeito.

A gente ri, a gente chora. A gente é crente e pecador.

Quer saber?

A gente fica melhor aos olhos do Pai quando compartilha amor.

Deus não aceita é mentira. Deus não gosta é de ódio. Deus odeia é fofoca, violência e inveja.

Deus se afasta é da alma cheia de falsidade e de infidelidade.

Deus não põe ninguém dentro de prisão e não quer punir quem tá fora.

Não se prenda em gaiola por conta da opinião de ninguém.

Quer saber da verdade?

O sopro da vida, foi mais que sopro de criação, foi sopro de liberdade!

Tenha fé, seja do bem e distribua sua bondade. Não leve a vida com tamanha seriedade. O mal do mundo é essa competição pra ver quem é mais perfeito.

O que estraga o mundo é quem se acha no direito de apontar erros.

O inferno na terra é essa gente que aponta o dedo.

Se você for verdadeiro, se você está feliz e se você pratica o bem, Deus te ama de todo jeito.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cleonio Dourado
Escrever é uma fuga que sempre uso. Não tenho temas. Não tenho destinos. Alguns devaneios e desatinos, quem sabe. Solto as palavras ao vento. Viajo ao vê-las viajando pelo ar. Recolho as que voltam nos relentos das manhãs e me lavo em seus afagos. Eu me aguo, renasço. Palavras me acariciam a alma, despertam-me sentimentos, paz, calma. Leio, releio, rascunho e escrevo. Faço dos textos da minha lida, as estrelinhas da minha vida