Talvez agora seja o momento de ficar sozinha, não de amar!

Talvez agora, seja o momento de ficar sozinha. Talvez esta seja a hora que você está sendo desafiado a aprender a acordar para quem você é.

E finalmente encontrar esperança no vazio, no silêncio, na maneira como você estende sua vida e se permitir ocupar todos os espaços.

Talvez agora, seja o momento de você perceber que pode cuidar de si mesmo, que pode depender da pessoa que se tornou, que pode ser sua própria casa, não importa o que aconteça.

Talvez agora, sua jornada seja sobre redenção.

Talvez esta seja a época em que você está sendo desafiado a fazer as pazes com seu coração, a defender as vastas maneiras pelas quais você pode se amar, cuidar e acreditar na bondade da sua vulnerabilidade e expressão.

Agora você precisa ser a pessoa que suaviza mesmo quando o mundo não é gentil.

Talvez agora você esteja tendo uma segunda chance – confiar em si e perdoar a si mesmo por oferecer o seu amor a quem não poderia valorizá-lo; mas o mais importante, talvez agora você esteja sendo chamado para proteger o seu coração, para encontrar seu caminho de volta para sua ternura, para encontrar seu caminho de volta para sua alma.

Não, talvez agora sua jornada não seja sobre amor.

Talvez, agora, sua jornada seja sobre esperança.

Talvez esta seja a estação em que você está sendo desafiado a se lembrar da beleza que a vida tem para lhe oferecer.

Talvez agora você esteja tendo espaço para descobrir os tipos de lugares que você precisa estar, os tipos de músicas que são suas e só suas, os tipos de pessoas que amam você de uma maneira que não procura mudar-te.

Talvez agora, você esteja tendo a chance de recuperar sua alegria, de torná-la a extensão mais natural de quem você é, de deixá-la transbordar de suas palavras, de seu riso e de suas lágrimas – de começar a acreditar que você é digno, que você merece.

Talvez agora sua jornada seja sobre você.

Talvez esta seja a época em que você está sendo desafiado a ser seu próprio salvador, a ser seu próprio lugar seguro.

Talvez agora você esteja sendo lembrado – que as pessoas que se afastaram estavam apenas levando você de volta a si mesmo, apenas levando você até aqui.

E aqui, você está bem por conta própria.

Aqui, você está se reconstruindo.

Aqui, você está se adaptando, consertando e recuperando todas as peças.

Aqui, você está sendo mais gentil com sua alma, está se dando o mesmo tipo de amor que sempre deu aos outros.

Aqui, você não está apressando seu coração, você não está dependendo de outro ser humano para consertá-lo. Em vez disso, você está fazendo isso por conta própria.

Aqui, você está se curando. E isso basta agora. Esse momento, sozinha, será a sua salvação.

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações TC. Foto de Hannah Busing no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!