Pessoas fortes geralmente amam de verdade. Só os fortes… Eles não se deixam contaminar pelo medo de sofrer decepções, se jogam com toda força porque conhecem o quão fortes são por dentro, o quão bonitos são os sentimentos que cultivam. Mas as pessoas fracas estão sempre trocando os pés pelas mãos nas relações afetivas. Morrem de medo de sofrer, são frágeis por dentro e o amor que sentem se dissolve como papel…

Acho que nunca vou parar de me surpreender com a capacidade que certas pessoas tem em fazer o bem, com muito charme até conquistar o que deseja e posteriormente, fazer o mal… Com uma capacidade de ferir friamente e dizer com a maior cara de pau que “não está fazendo nada”…

É tão difícil ser sincero? Se gostar de alguém, gostar de verdade, ser parceiro, e pronto?

É mais fácil se afastar, mostrar indiferença, e deixar a pessoa se sentir mal?

Eu tenho certeza que alguém que gosta e respeita de verdade não tem a capacidade de ferir com a mesma intensidade que tem de amar…

Não gosto de quem fere de graça! Por diversão! Só pela simples sensação de se sentir poderoso, por saber que tem o amor de alguém…

Quando sei ou fico sabendo do amor verdadeiro de alguém por mim, fico emocionada, e tento retribuir esse amor com todo carinho, afinal, amar é a principal e mais difícil lição dessa vida…

Trabalhar, pagar contas, criar filhos… São atividades que qualquer um pode desempenhar bem, se for dedicado… Agora, amar…

Amar é para os fortes, só os fortes possuem coragem de admitir que amam, mesmo com a possibilidade da rejeição, do desprezo, da falta total de compreensão e carinho que podem vir atrelados a esse amor, se ele não for correspondido.

A capacidade humana de amar e “desamar” é assustadora, um dia você se sente amado, no outro desprezado, e não tem motivo aparente não, é apenas assim que funciona.

A inconstância das relações que são efêmeras causam profundos problemas emocionais! Por tanto, não entre em uma relação se você ainda não aprendeu a amar…

Se a carapuça serviu… Ainda dá tempo… Seja sincero! Trabalhe as suas questões internas e pare de ferir os outros. Busque ser forte porque essa sua fortaleza aparente se desmonta no primeiro choque íntimo.

Graças a Deus ainda existem aqueles que presam as relações e as pessoas que sentem de verdade, que amam de verdade, que ajudam de verdade… Sabe aquelas? Que fazem o bem sem olhar a quem… que não querem nada em troca, nem reconhecimento, nem curtidas e seguidores, apenas agem de acordo com o coração e querem ser para você exatamente o que gostaria que você fosse para ela…

Dizem por aí que só os fortes sobrevivem… E eu reitero… Só o amor dos fortes sobrevive!

Oremos!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!