O Queer Eye ou “Os Cinco Fabulosos” como ficaram conhecidos, é uma série inspiradora que já está na sua terceira temporada e vem emocionando o mundo com histórias de vidas comoventes que revelam o que a falta de amor-próprio e a insegurança podem fazer com uma pessoa, porém, muitos de nós acabamos por nos reconhecer em muitas delas.

Confesso que chorei e ri em muitos episódios.

Eles são cinco rapazes libertos de qualquer esteriótipo e seguem varrendo o preconceito por onde passam. Há muito de terapêutico nessa série. Cada um tem uma função especial na ajuda a pessoa atendida.

O fashionista ensina a se vestir melhor, o cabeleireiro a cuidar da pele e do cabelo, o chef de cozinha ensina a dar valor aos alimentos e que cozinhar é um ato de amor, o decorador dá uma geral na casa e finalmente o terapeuta o ajuda a ressignificar seus medos e inseguranças.

Mas nada aconteceria como acontece se não fossem os 5 juntos, e o amor que eles colocam no que fazem, é muito amor minha gente, muito! Quando se unem causam uma verdadeira transformação fazendo ressurgir nos participantes o amor-próprio e a autoconfiança que lhes faltavam.

Essas pessoas que viveram suas vidas cheias de inseguranças, demonstram que um pouco de amor e empatia pode mudar vidas.

Os cinco entram na vida da pessoa com tudo, e transformam cada canto, desde a aparência, as roupas, o estilo até a personalidade e o interior da sua casa.

Cada um dos integrantes são essenciais para que a transformação ocorra. E eles fazem o que nenhuma outra pessoa conseguiu fazer, viram tudo do avesso para que a pessoa entenda que ela merece as coisas boas da vida, que ela precisa se valorizar, se amar, se dedicar tempo e se respeitar.

No fundo, nos identificamos porque todos nós gostaríamos que pessoas do bem entrassem em nossa vida para nos dizer: Ou, acorda, você é muito especial! Olha pra você! Você é incrível!

Falando assim, parece uma série de autoajuda, mas é muito mais que isso, é um processo de 7 dias de um forte autoconhecimento. O participante começa a repensar suas atitudes, passa a entender que deve agir de forma diferente e é nítida a mudança de postura das pessoas! É de arrepiar.

Os Cinco Fabulosos são cheios de autoestima e a energia deles é contagiante, os episódios estão repletos de pequenos exercícios de amor-próprio que podem ser implementados na vida de qualquer pessoa, e na sua também!

Se você está aí caído no sofá sem saber o que fazer da vida, desmotivado, indeciso, achando a vida um tédio, aperte o play aí na Netflix e comece a assistir desde a primeira temporada! Duvido que depois de assistir você não vai se animar para sair e fazer as coisas acontecerem!

Sim, chorei algumas vezes, mas sorri outras dezenas, e te conto que não é fácil se reconhecer em certas atitudes dos candidatos.

A falta de confiança em si mesmo é o ponto forte a ser trabalhado pelos 5 no decorrer dos episódios, e a insegurança que todos os candidatos apresentam é um fator preponderante para que se acostumem a não fazer nada, por medo de fracassar, ou por simples acomodação.

O que você acha de fazer hoje um exercício bacana para fortalecer a si mesmo, inspirado nos 5 fabulosos?

Segue uma caneta marca texto que sai facilmente, e olhe para o espelho, pergunte para si mesmo quais são suas verdadeiras qualidades, no que você é realmente bom e comece a escrever no espelho.

Escreva e sinta que você é melhor do que você pensa, deixe lá por alguns dias e todas as vezes que você olhar no espelho você será lembrado do que você realmente é, e não do que você acredita ser ruim em você.

Ponha sua mente para trabalhar a seu favor, essa foi só uma dica das muitas que você poderá encontrar na série. Assista e comprove os benefícios!

O que eu entendi de tudo foi que as pessoas inseguras, sem autoestima, sem amor próprio só se curam com amor, só o amor pode curar pessoas inseguras, só estando ao lado de pessoas autenticas e verdadeiramente boas, elas conseguirão mostrar o melhor que elas possuem dentro.

A falta dessas pessoas inspiradoras, alegres, autenticas, na vida da gente, faz com que nos escondamos em mascaras e personagens que não somos e nos percamos do que realmente somos.

Mas a redescoberta dos nossos potenciais é tão surpreendente que nem a gente esperava que somos capaz de tanto!

Somos ensinados que devemos ser os melhores, precisamos estudar, muitas vezes, faltam carinho, amor, atenção e respeito dentro das famílias, ou traumas e perdas significativas acontecem durante a infância, ou adolescência que afetam diretamente a nossa autoestima e a nossa alegria de viver.

Então, ao invés de criticar a si mesmo por todas as coisas que você não é, por que não comemorar as coisas que você é?

Peço para que depois de assistir a série você passa a enxergar coisas positivas em si mesmo. Espero que você lembre a si mesmo que, mesmo nos dias ruins, há grandes coisas sobre você que você deve valorizar.

Porque os 5 fabulosos talvez nunca apareçam na sua vida, mas mesmo através da telinha eles podem te dizer: Olhe para dentro de você! Não é sobre transformar quem você é, é sobre enxergar a beleza que você já possui dentro!

Eles são demais! Recomendo super!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!