Por que a multitarefa não funciona? Estudos mostram que isso nos torna menos eficientes e mais propensos a erros.

Alguns dias você se sente como um mestre em multitarefa enquanto bebe seu café da manhã, lê o e-mail e entra em uma teleconferência. Mas você sabia que para a maioria das pessoas, na maioria das situações, a multitarefa não é realmente possível?

Estamos realmente programados para ser monotarefa, o que significa que nossos cérebros só podem se concentrar em uma tarefa por vez, diz a neuropsicóloga Cynthia Kubu, PhD.

“Quando pensamos que somos seres capazes de ser multitarefa, na maioria das vezes, não estamos realmente fazendo duas coisas ao mesmo tempo, mas em vez disso, estamos fazendo ações individuais em rápida sucessão, ou troca de tarefas”, diz ela.

De acordo com o Health, um estudo descobriu que apenas 2,5% das pessoas são capazes de realizar multitarefas de forma eficaz. Para o resto de nós, nossas tentativas de fazer várias atividades ao mesmo tempo não são realmente isso.

A multitarefa pode prejudicar o seu desempenho

Estudos mostram que quando nosso cérebro está constantemente mudando de marcha para alternar entre as tarefas – especialmente quando essas tarefas são complexas e exigem nossa atenção ativa – nos tornamos menos eficientes e mais propensos a cometer erros.

Isso pode não ser tão aparente ou impactante quando estamos realizando tarefas simples e rotineiras, como ouvir música enquanto caminhamos ou dobrar roupas enquanto assistimos TV. Mas quando as apostas são mais altas e as tarefas mais complexas, tentar realizar várias tarefas ao mesmo tempo pode impactar negativamente nossas vidas – ou até mesmo ser perigoso.

A chamada multitarefa divide nossa atenção. Torna-se mais difícil para nós dar toda a nossa atenção a uma coisa. Por exemplo, em estudos, a tentativa de concluir tarefas adicionais durante uma simulação de direção levou a um desempenho de direção pior.

Outros estudos sugerem que as pessoas que frequentemente realizam “multitarefas de mídia” (como ouvir música enquanto checam e-mails ou percorrem as redes sociais enquanto assistem a um filme) estão mais distraídas e menos capazes de focar sua atenção, mesmo quando estão realizando apenas uma tarefa.

Também pode afetar nossa capacidade de aprender, porque, para aprender, precisamos ser capazes de nos concentrar.

“Quanto mais realizamos várias tarefas ao mesmo tempo, menos realizamos de fato, porque aos poucos perdemos nossa capacidade de nos concentrarmos o suficiente para aprender”, diz o Dr. Kubu.

“Se estamos constantemente tentando multitarefa, não praticamos desligar o resto da palavra para nos envolver em um processamento e aprendizado mais profundos.”

Um estudo descobriu que estudantes universitários que tentaram multitarefa demoraram mais para fazer o dever de casa e tiveram notas médias mais baixas.

Outra armadilha é que tentar fazer muito ao mesmo tempo torna mais difícil estarmos atentos e verdadeiramente presentes no momento – e plena consciência vem com uma infinidade de benefícios para nossas mentes e nossos corpos.

Na verdade, muitas terapias baseadas na atenção plena podem até mesmo ajudar pacientes que sofrem de depressão, ansiedade, dor crônica e outras condições.

Escolha realizar uma tarefa de cada vez

Optar por se concentrar em uma tarefa por vez pode beneficiar muitos aspectos de nossa vida, incluindo o local de trabalho.

Veja os cirurgiões, por exemplo. “As pessoas presumem que a habilidade de um cirurgião está principalmente na precisão e firmeza de suas mãos. Embora haja alguma verdade nisso, o verdadeiro dom de um cirurgião é a capacidade de se concentrar totalmente em uma pessoa e concluir uma série de tarefas ao longo de muitas horas ”, explica o Dr. Kubu.

Mas os cirurgiões não nascem necessariamente com essa capacidade de monotarefa. Em vez disso, eles o desenvolvem e aperfeiçoam por meio de horas de prática. E você também pode.

“Você não precisa ser um cirurgião para se beneficiar ao se livrar da pressão da multitarefa”, diz o Dr. Kubu. “Quer seja em uma longa viagem, organizando um evento ou lendo um livro, nós, sem dúvida, realizamos melhor uma coisa de cada vez. Eu encorajo você a tentar.”

COm certeza, fazer uma coisa por vez vai minimizar as chances de você cometer erros. Pense nisso. Cometer alguns erros podem ser necessários para quem precisa aprender com eles, mas escolher correr o risco para se gabar de ser multitarefa é, definitivamente o maior erro que você cometerá.

Erros servem para nos mostrar o que precisamos melhorar, e nesse momento, você só precisa parar de tentar ser multitarefa.

*DA REDAÇÃO SAG. Foto: iStock.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!