Seja uma pessoa positiva, não uma pessoa alienada.

“Por vezes as pessoas não querem saber a verdade por medo de suas ilusões serem destruídas”. Eu até me considero uma pessoa otimista, mas com o realismo necessário de Nietschze.

Simplesmente não dá pra ser “good vibes” o tempo todo, postar foto plena tomando café da manhã em hotel, falar ” A vida é bela”, enquanto a gente é testemunha ocular do dilúvio de informações catastróficas à nossa volta.

Veja, não é pessimismo, trata-se de fatos. Ameaça de guerra nuclear e as pessoas alienadas dizendo que “vai ficar tudo bem.

Eu devo estar muito doida ou os noticiários estão fazendo live action no Metaverso das tragédias atuais?

A menos que você não viva numa realidade paralela à minha, chega a ser desrespeitoso pagar que tá tudo lindo e maravilhoso. Por que não tá. E sabemos muito bem que até ficar “tudo good vibes”, vamos testemunhar muita dor e sofrimento.

A gente só sabe o que significa quando vivemos a dor. Eu oro para que esse mal acabe logo e, obviamente, continuo assumindo minha vida e responsabilidades, assim como você, como todos nós.

Mas seria desumano dizer a alguém que passa por algo realmente doloroso e impactante que “Vai ficar tudo bem”.

Vai?

Até vai. Mas às custas de muitas noites de claro, de pranto.

Tem que doer como nunca até sarar. Para só Deus sabe quando, a angústia virar lembrança e a perda virar experiência.

Certos de que todos teremos, em algum momento, que passar pela dor, não sejamos tóxicos ou alienados, sejamos uma pessoa que faz o bem para si mesmo e para os outros.

Nem sempre tudo é sobre karma. Às vezes, claramente vemos Newton: Causa e efeito.

Não vamos mascarar a realidade e amenizar a dor alheia.

Às vezes, por mais dilacerante que seja, tudo o que você pode dizer para abraçar alguém com uma palavra é:

Não sei se vai ficar tudo bem. Mas eu vou estar lá.

Há palavras que curam com o tempo, as feridas que só um ouvido e um ombro amigos podem verdadeiramente ofertar.

*DA REDAÇÃO SAG. Foto de Mathilde Langevin no Unsplash.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Sou jornalista de espírito vintage, que ama compor músicas ,pintar, e escrever sobre assuntos voltados à compreensão das relações humanas e da profundidade da alma. Acredito que as duas maiores forças que possuem o poder de mudar o nosso dia a dia são o Amor e a Empatia. Grata por compartilhar com vocês esta jornada.