Ser paciente requer muita sabedoria!
Saber esperar o tempo de Deus para as coisas, cultivando pensamentos positivos e se colocando à disposição do universo, confiando que tudo chega a seu tempo, não no tempo que se quer… é privilégio dos sábios.

Encarar a vida de forma autêntica e estar atento a tudo que possa beneficiar a si mesmo e a todos a sua volta. Se mostrar agradecido, feliz, conseguir enxergar abundancia em toda parte…

Amar o próximo, se dedicar ao outro, praticar de maneira gentil e honesta a reciprocidade, vibrar positivamente… é coisa de gente grande!

Gente com grande coração! Gente que aprendeu a ser paciente! Gente que gosta de gente! Gente que é viciada em amar!

Ser assim, leva tempo, demanda esforço para muitos… sai naturalmente para algumas poucas almas boas que existem por aí… Mas o que importa é que até para ser uma pessoa boa, leva tempo!

Poucas pessoas dão a sorte de encontrar um amor tranquilo na primeira tentativa! O normal, o que se vê por aí, são tentativas e muitos erros, porque as pessoas não são pacientes, elas não entendem que um amor para durar precisa de pessoas que queiram que ele dure!

Mas as pessoas simplesmente “perdem a cabeça”, saem do controle, deixam as emoções tomarem conta e saem proferindo despautérios, ofensas, magoando… partem, e somem… Na maioria dos casos, acontece assim.

LEIA TAMBÉM: APRENDA A DIMINUIR A ANSIEDADE FAZENDO UM EXAME DE CONSCIÊNCIA! É UM SANTO REMÉDIO!

Alguns ainda possuem a coragem de terminar pela internet, outros arrumam outra companhia como trocam de sapatos… E assim segue a vida dos impacientes de plantão.

É meus amigos, aprendam de uma vez por todas, coisas boas levam tempo!

É preciso jogar muito tempero nesse sonho, deixar maturar por um tempo indefinido… cada um tem que sentir o seu tempo de maturação, é um trabalho muito artesanal, cada paladar é um… E quando for a hora de refogar, tem que deixar dourar… Isso mesmo, refogue a té dourar! Até sair aquele cheirinho de fome, sabe? Só depois de refogar é que dá para ver se deu a “liga”!

Alguns querem matar a fome de amor com “macarrão instantâneo”, querem se satisfazer e portanto, querem que fique pronto instantaneamente. Já jogam todos os sentimentos, as lembranças e emoções, tudo junto numa panela de pressão… Ai pensam: OU vai queimar ou vai dar certo…

Mas essa falta de paciência demonstra também a falta de respeito com aquilo que se está preparando. Nesse caso, o que está sendo preparado é o amor!

Melhor seria se cada um entendesse o valor que existe em um “amor defumado” por horas a fio!

Que todos soubessem que coisas boas levam tempo!

Como seria bom se todos soubessem!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!