Se a sua felicidade depende dos outros, então ela não é sua!

A sua felicidade tem que estar em suas mãos, não a entregue nas mãos de outra pessoa, caso contrário, a perderá facilmente!

por Legolas Elrond

Se há algo que geralmente depositamos em qualquer outro lugar, além de nós mesmos, é a nossa felicidade. A colocamos em momentos, circunstâncias, pessoas, objetivos, coisas e a fazemos depender de qualquer fator difícil de controlar.

Ao desistir do controle de nossa felicidade, declaramos que ela não nos pertence, que ela acontece quase por acaso, ou pior, ela não acontece, ou seja, não somos felizes porque fatores externos não se encaixam no caminho necessário para isso.

Nossa felicidade pertence apenas a nós!

Alguns a veem como uma decisão, outros como algo mais sublime que depende da conexão que temos com nós mesmos e da compreensão do processo da vida.

Com base no fato de que “tudo está bem como está e como é”, ao eliminar a frustração de não aceitar o momento presente, podemos ver com outros olhos absolutamente tudo o que acontece conosco.

Podemos alimentar nossas crenças com uma combinação de ambas as teorias, disponibilizando a felicidade e sempre podemos escolhê-la, e perceber que ela está dentro de nós e tem pouco a ver com algo externo.

Os seres humanos têm necessidade de aceitação e adequação por outros seres que os interessam, o que reforça nosso sistema social e os requisitos básicos de interação com o meio ambiente.

É normal sentir-se bem, ser amado, ser aceito, também é normal sentir-se mal se formos rejeitados, julgados, criticados.

No entanto, o que faz a diferença em nós é levar de forma útil o feedback que o ambiente nos dá, crescer como seres humanos, não se adaptar ao que os outros querem, ainda mais se isso de alguma forma se chocar com o que nós realmente somos.

Não devemos fingir algo que não somos, não devemos abandonar o que queremos para agradar aos outros e nenhuma opinião sobre nós deve ser mais importante em relação a nossos passos, nossos modos, nossas decisões do que as nossas.

Sempre haverá alguém que nos criticará ou que achará que seus caminhos são melhores que os nossos!

Pode ser que, de alguma perspectiva, eles estejam certos, mas, de qualquer forma, nossa felicidade nunca deve ser depositada na opinião, no amor, na aceitação ou na presença de alguém.

A felicidade está ao nosso alcance, dentro de cada um de nós! E a chave para acessá-la deve estar sempre ao nosso alcance, nunca no chaveiro de outra pessoa.

*Tradução e adaptação REDAÇÃO Seu Amigo Guru. É proibida a reprodução desse artigo para fins comerciais. *Via Rincon del Tibet.

COMPARTILHAR
Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!