São mais de 4 milhões os curados da Covid no mundo: Devemos comemorar sem afrouxar.

O número de recuperados da Covid no mundo rompeu a marca dos 4 milhões. Até sábado, 20 de junho, foram 4.277 milhões de curados no total, de acordo com o site da Universidade Johns Hopkins, dos EUA.

É sempre bom saber que as pessoas estão se curando, e que o número de pessoas que se recuperam é infinitamente maior do que o de pessoas que chegam ao óbito. Porém, essa é uma doença muito invasiva e que reage de formas muito diferentes nas pessoas, causa sofrimento e muita angustia, durante a internação e no pós tratamento, quando se torna grave.

Devemos continuar nos protegendo, porque essa doença não é brincadeira e qualquer um pode pegar. E quando nos protegemos estamos também protegendo os outros. O contrário também é verdadeiro.

Quando insistimos em sair pelas ruas, ou em entrar nos estabelecimentos sem mascaras, pois “duvidamos” da gavidade da doença, ou acreditamos ser um ato político, estamos indo contra todas as evidencias e contra fatos, não existem argumentos.

Quando algumas pessoas optam por não se protegerem, elas estão assumindo o risco e colocando outras pessoas em risco. Não devemos aceitar esse tipo de comportamento irresponsável. Devemos denunciar essas pessoas, caso elas não aceitem o nosso pedido gentil de usarem máscaras e não fazerem aglomerações.

Nunca se esqueça que a Covid-19 já levou de nós quase meio milhão de pessoas no mundo- mais de 460 mil – e total de contaminados já passa de 8,6 milhões, em ritmo crescente, em menos de 5 meses!

Mas o lado bom de tudo isso é que muitas pessoas já estão em casa, curadas, com suas famílias. Segundo dados do SNB os países com o maior número de curados até agora são: EUA, Brasil, Rússia, Índia e Chile.

Veja o ranking dos recuperados

EUA – 606,7 mil
Brasil – 556,1 mil
Rússia – 334,0 mil
Índia – 213,8 mil
Chile – 191,4 mil
Itália – 181,9 mil
Alemanha – 174,5 mil
Irã – 161,3 mil
Turquia – 157,5 mil
Espanha – 150,3 mil

Casos confirmados

Apesar de comemorar os sobreviventes e curados, é preciso ressaltar também que a quantidade de casos confirmados é imensa.

Até agora, 8.698 milhões de pessoas pegaram a doença no mundo.

Os países com mais casos são EUA, Brasil, Rússia, Índia e Reino Unido.

Veja o ranking de contaminados

EUA – 2,223 milhões
Brasil – 1.032 milhões
Rússia 576,1 mil
Índia 395,0 mil
Reino Unido – 304,5 mil
Espanha 245,5 mil
Peru – 244,3 mil
Itália – 238,0 mil
Chine – 231,3 mil
Irã – 202,5 mil

Solidariedade com as famílias que perderam um ente querido

Quase meio milhão de pessoas, deixaram esse mundo por conta do Covid! Não é brincadeira, repito.

Os Estados Unidos puxam a lista com o maior numero de mortos: 119,1 mil pessoas.

O Brasil aparece em segundo lugar no ranking com 48,9 mil, ou seja, quase 50 mil brasileiros já perderam a vida pra essa doença invisível – e mesmo assim, muita gente continua não levando à sério e está andando sem máscara nas ruas.

O que mais precisa acontecer para que elas possam abrir os olhos para a gravidade disso?

Em seguida, no número de mortos vêm Reino Unido, com 42,6 mil, Itália com 34,5 mil, França com 29,6 mil, Espanha com 28,3 mil e México com 20,3 mil cidadãos que perderam a vida.

A vida é o nosso bem mais precioso, se cuide e cuide dos outros também!


ATENÇÃO:

Não relaxe das medidas de segurança e isolamento social.

Tome todas as precauções, como o uso de máscaras e álcool em gel, se tiver que sair de casa por qualquer motivo.

Mantenha o distanciamento social! fique a 2 metros das pessoas na rua, principalmente em locais fechados, como supermercados e lojas.

Ao voltar, tire os sapatos para entrar em casa (borrife com álcool ou passe água sanitária neles e ponha em local reservado).

Tire a roupa usada na rua e ponha para lavar.

Tome banho com sabonete.

Vista roupas limpas.

Use chinelos limpos para andar dentro de casa.

Mantenha o chão da casa limpo frequentemente com água sanitária.

Se cuide! Todo esforço é necessário e serve para proteger você a sua família até que uma vacina confiável possa chegar para todos nós.

*Com informações SNB e Johns Hopkins.
*Créditos da imagem: Luciana Barros – A pequena Débora Cristina, de apenas um mês de vida, recebeu alta médica no dia 27 de maio.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!