Sandman: Nova série da Netflix emociona com metáforas sobre a importância de sonhar! Vale muito a pena assistir.

A primeira temporada já está no ar e anda emocionando quem assiste. Com um roteiro extremamente sensível e bem amarrado, quem já assistiu aguarda ansiosamente a segunda temporada.

A história de ficção amada de Neil Gaiman apresenta um Morpheus, o Mestre dos Sonhos, com requintes de humanidade, que procura recuperar suas ferramentas roubadas, depois de ficar 75 anos preso em uma redoma de vidro por um mago humano, ao ser confundido com sua irmã Morte.

A prisão do deus dos sonhos aconteceu depois de um ritual realizado por bruxos modernos que desejam, na verdade, capturar a morte, para trazer de volta a vida, os seus fillhos mortos na guerra.

Sinopse:

Em Sandman, um mago tenta capturar a Morte (Kirby Howell-Baptiste) para barganhar pela vida eterna, no entanto, acaba prendendo seu irmão mais novo Morpheus (Tom Sturridge), o Rei dos Sonhos. Temendo por sua segurança, o mago o mantém preso em uma garrafa de vidro por décadas.

Após sua fuga, Morpheus, também conhecido apenas como Sonho ou Sandman, parte em busca de seus poderosos objetos perdidos. Ele está determinado a trazer de volta a ordem para seu Reino e fará o que for preciso para restaurar seu mundo, agora deteriodado depois de sua ausência.

Morpheus faz parte de uma família conhecida como Os Perpétuos, um grupo de criaturas imortais que controlam vários aspectos do universo.

Além de Morpheus, estão entre os membros A Morte, O Destino, A Destruição, O Desejo, O Desespero e O Delírio. Mesmo rivalizando com alguns de seus irmãos, Sonho precisará da ajuda deles para recuperar seu Reino e reconquistuir totalmente seus poderes.

O elenco conta com Tom Sturridge (Sonho), Kirby Howell-Baptiste (Morte), Mason Alexander Park (Desejo), Donna Preston (Desespero), Gwendoline Christie (Lucifer Morningstar), Charles Dance (Sir. Roderick Burgess), Jenna Coleman (Johanna Constantine), Boyd Holbrook (Coríntio) e Vivienne Acheampong (Lucienne).

Metáforas da vida real

Ao assistir a série é possível perceber o quanto a vida pode adoecer quando temos os nossos sonhos aprisionados. Em uma interação com o comandante do Inferno, ao tentar reaver uma de suas ferramentas, o Sonhar acaba ganhando um desafio ao falar a palavra “Esperança”, o que nos leva a entender que a única forma de vencer o inferno é mantendo a esperança.

“SEM SONHOS, A HUMANIDADE DESAPARECERÁ”

Muitas metáforas extrememente sensíveis a vida humana é apresentada nessa série o que nos leva a refletir sobre coisas realmente essenciais para que a nossa vida tenha sentido.

Por ter sido tão bem feita, os espectadores já aguardam a segunda temporada

Mesmo com a estreia recente da primeira temporada, alguns fãs mais ansiosos já estão se perguntando se Sandman ganhará uma segunda fase de episódios na Netflix.

Segundo o portal Tecmundo, a boa notícia é que David S. Goyer, roteirista e produtor executivo da série, confirmou em entrevista que já está trabalhando em uma possível segunda temporada.

“De certa forma, é mais fácil [escrever a 2ª temporada] porque já educamos o público para as ideias básicas. Mostramos como os sonhos podem afetar o mundo acordado. Com esse trabalho de base feito [na primeira temporada], o programa agora pode se basear nesses temas. Eles são mais como jazz, onde você planeja variações. E podemos esticar nossas asas um pouco mais”, disse Goyer.

O sinal verde da Netflix para uma segunda temporada, no entanto, ainda não foi confirmado. Vale a pena assistir essa série maravilhosa.

*DA REDAÇÃO SAG.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!