Precisamos retirar Jesus da Cruz e o convidar a sentar ao nosso lado! Precisamos sentir o seu amor nos abraçando e nos limpando de todo mal que nos invade. A confiança no seu amor nos libertará do medo, e nos fortalecerá para que possamos transformar a nossa vida!

Deus nos envia uma importante mensagem em plena época da ressurreição de seu filho em carne. Ele que veio nos ensinar a amar e a usar o amor como arma para vencer as dores da vida.

Jesus venceu o mundo porque não se deixou contaminar pelo mal que possuiu os corações humanos. A jornada do herói foi concluída com sucesso! O final de sua passagem pela Terra não foi materialmente feliz, mas foi espiritualmente feliz!

Ele saiu da vida de forma trágica e extremamente triste, “minha alma está profundamente triste” (versículo 38)”, mas ressuscitou igualmente feliz e se tornou eterno!

E nós seguimos nossas vidas, séculos se passaram, religiões cresceram e enriqueceram falando em sEu nome. E fomos insistentemente cobrados e condicionados a acreditar que a riqueza era sinônimo de sucesso e conquistá-la deveria ser o nosso maior objetivo, e a materialidade tão efêmera passou a ser a chave que a humanidade se utilizou para vencer na vida.

Nossas mentes se acostumaram a “normalidade” da necessidade das Igrejas em se abastecerem de ouro, de prometerem mais outro para seus fiéis, de construírem seus templos de ouro. Mas infelizmente todo essa perdição nos mares da ilusão acabou por transformar os corações em pedras.

Acreditamos que precisamos ser reconhecidos socialmente e devemos nos manter financeiramente abastados!

Com o advento da tecnologia surgida no séculos 20, passamos a nos viciar na exposição que as mídias sociais proporcionam. Alguns crentes e fiéis religiosos até chegaram a chamar as redes sociais de “a nova obra do C”, aquele que dizem viver nas profundezas do inferno!

Eu não acredito nele, aceito mais a explicação da dualidade que existe em tudo, mas a verdade é que caminhávamos, e muitos ainda caminham, por um beco escuro, vendados, impedidos pela mente iludida e egoísta, resquícios de nossas raízes bélicas, de enxergar as próprias sombras!

Com o passar dos séculos uma luz timidamente apontou bem distante! Essa luz nos incitava a olhar para dentro e iluminar essas sombras que poderiam ser “motivo de queda” ou destruição da raça humana e do planeta.

Egocêntricos pensamos que a luz teria surgido dentro de nós por mérito nosso, mas se tratava de uma invocação de um coração puro enviada em nossa direção pedindo que Deus tivesse misericórdia e nos concedesse a chance do resgate mas que nos enviasse, das dores, a menor! Pois sem dor alguma não haveria como a humanidade se conscientizar do mal que vinham causando. Ilesos não passaríamos, e já sabíamos!

Jesus foi o coração puro que intercedeu por nós!

Tantas bombas nucleares sendo fabricadas por poderosas potências mundiais. Tantos conflitos iniciados “em nome de Deus”, e pouco entendimento.

Nossos carmas comuns são pesados demais! Teríamos que resgatar toda essa autodestruição uma hora ou outra!

A conta tinha que ser paga e ela não estava fechando!

Nas duas últimas guerras mundiais sofremos perdas assustadoras! Mais de 20 milhões de pessoas morreram em cada uma e milhares ficaram feridos, ou com feridas emocionais cruciantes!

Possuímos essa história de guerras e dominações que até hoje acontecem no oriente médio, incitadas ou patrocinadas, como queiram, por potencias bélicas, EUA, União Soviética e Japão. As matanças são frutos do apego cego ao capital e não da para negar!

Temos em nosso sangue o sangue dos que tiveram que morrer e dos que tiveram que matar!

Carregamos conosco o mal que nos adoece e nos prostra em sofrimento inconsciente, mas também temos o bem que nos contenta e consola os dias!

Vivemos uma dualidade constante no fluir das emoções! A vida nos ensina todo dia, mas ainda não aprendemos a usá-las a nosso favor!

Teimamos em engolir o choro porque queremos parecer fortes!

Fingimos ser quem não somos para agradar os outros!

Consumimos materiais degradantes, e muitos ainda se alimentam de animais exóticos, em risco de extinção!

Agredimos a natureza de todas as formas possíveis e foi só sairmos de cena, um pouco, para que ela pudesse se curar de uma maneira poderosa e reafirmar a sua força!

Poluição do ar, das águas, animais arriscados de extinção e outros já extintos, tudo fruto do desatino humano!

Nossa sociedade humana sempre gerida pelo ego vaidoso, alimentado pela ganância e pelo egoísmo, necessita de poder para se sentir no controle! Mas Deus nos trouxe uma importante mensagem em plena época da ressurreição de Jesus, um vírus, invisível, que nos iguala, que nos coloca no mesmo estado, e que nos levou a olhar atentamente para essas questões que nos acompanham há muito mais de 2 mil anos.

Ele nos enviou seu filho novamente, mas agora em espírito, e novamente, veio nos ensinar a amar e usar o amor como arma para vencer as dores da vida.

Ele quer que nos afastemos de tudo o que nos fez loucos/materialistas e nos isolemos. Que voltemos a valorizar a família, os mais velhos, o que não tem preço.

Nessa parada forçada nos deu outro aviso:

“Deem atenção ao que realmente importa!”

E nos fez questionar:

“Como regenerar a Terra sem regenerar os seres humanos?”

A natureza precisa do nosso bom senso e ainda mais apurado! Mas esse bom senso só nasce em gente disposta, que possui o coração aberto e a mente conectada com Deus!

Podem perceber que gente “sem noção” são pessoas totalmente desconectadas, mesmo que finjam ser da religião x ou y, é nítido que não existe nelas uma ligação real com Deus!

Suas ações contraditórias indicam que falta o essencial, aquilo que nos abastece de amor!

A energia criadora que vibra dentro de nós e nos fortalece!

Que faz questão de nutrir a aceitação e a esperança de que o único poder que devemos buscar ter em vida é o que habita em nós!

Que nos diz que o único controle que nos importa é o dos nossos pensamentos e sentimentos!

Que somos todos iguais e devemos buscar essa igualdade na diversidade, não lançando uma moda ou um dogma para que nos tornemos todos iguais, pelo contrário, que saibamos nos respeitar e nos amar como somos: diversos!

Cada um do seu jeito, somando em conhecimento, promovendo a comunicação, negociando benefícios mútuos com empatia!

Que todos possam usufruir das suas vidas dignamente, não apenas obtendo o pão de cada dia, mas nos deleitando com alguns prazeres e confortos para que gozemos a vida!

Algumas crenças insistem em exibir Jesus na cruz, pendurado, sangrando, para nos lembrar o quanto que ele sofreu por nós. Porém, Jesus não perdeu a batalha na cruz, ele venceu! Enquanto quem o colocou lá, perdeu!

Nunca me senti bem ao ver Jesus exposto em uma cruz em sofrimento, essa imagem sempre me causou aversão e não me transmitia nem um pingo de sabedoria, muito menos, amor.

Fui criada em colégio católico e cresci com aversão à figura de Jesus por sempre o relacionar com um sofrimento dilacerante. Só consegui me aproximar verdadeiramente de seu amor quando resolvi o retirar da cruz e o colocar sentado ao meu lado. Foi aí que travei com ele o melhor diálogo que já tive e toda a minha vida.

Fiz dele o meu melhor amigo! Ele me consolou, me carregou no colo, me ensinou a perdoar, e principalmente a amar de verdade.

Depois que o convidei para sentar ao meu lado, e viver em minha casa, Jesus ressuscitou de verdade em mim, até então, para mim, sua vida era apenas como uma história da “carochinha”.

Já dentro de mim, ele me concedeu a vida eterna e me provou que ele está vivo dentro dos corações que nele crê!

Enquanto aqueles que o fizeram mártir, quando lembrados por nós, enviamos inconscientemente a eles, uma energia negativa que os acompanharão eternamente! Perdoemos também Judas e Pôncio Pilatos, e todos aqueles que clamaram por sua morte! Oremos para que eles sejam resgatados do vale da morte, para que assim, possam se arrepender e seguir os passos de Jesus! Que todos e eles e nós, possamos hoje, renascer com Jesus!

Como disse Chico Xavier:

“Ninguém pode voltar atrás e fazer um novo começo. Mas qualquer um pode recomeçar e fazer um novo fim.”

Existe uma oração que eu sempre faço e gostaria de compartilhar aqui para que façamos juntos, nesse dia, vocês me acompanham?

Podemos começar a renascer hoje nos abrindo ao diálogo honesto e sincero com Jesus, com Maria e com todos os espíritos bem feitores que trabalham auxiliando o nosso dia a dia!

Vamos permitir que Jesus acesse o nosso coração e fale através dele!

Vamos limpar bem os ouvidos para ouvir o que ele tem a nos dizer!

Aquietar, acalmar, silenciar!

Jesus me pede silêncio!

Me pede solitude e me fala com uma voz que vem do meu coração um ensinamento atribuído a Sócrates:

“Conheça-te a ti mesmo!”

Que me faz lembrar o seu próprio ensinamento quando esteve por aqui.

Segundo a Bíblia, na noite anterior ao da sua crucificação, Jesus disse:

“O espírito está pronto mas a carne é fraca” (Mateus capítulo 26, versículo 41).

Estamos enfrentando dias intensos no deserto, e estando feito Heremitas no deserto não é inteligente parar e se lamentar por muito tempo, é preciso seguir em frente!

É preciso que nos conscientizemos da superficialidade e da impermanência da materialidade, e que deixemos para trás as bagagens que pesam e de nada são úteis!

É preciso que aceitemos em levar nessa viagem apenas a roupa do corpo e o que é essencial, pois estarão guardados em nossos corações, e nesse caminhar, seremos nutridos pelo amor e pelo desejo de viver!

Sigamos caminhando com fé e esperança e chegaremos a um destino melhor, a um local que nos abrigará com um amor fraternal!

Eu sei que está difícil, sei da sua dor que também é a minha!

Abandonemos hoje e para sempre as nossas máscaras vitimistas, nossa roupagem social, e nosso ego inflado! Está na hora de vencer o mundo como Jesus fez, mesmo que para isso nos custe a vida na Terra!

Quem nunca se arrisca não aprende e nem ensina!

Jesus se arriscou por nós, enfrentou quem precisou enfrentar com amor e firmeza!

Ele renascerá para sempre em nossos corações se nos mantermos vigilantes e aprendermos a vibrar na mesma sintonia do seu amor!

Deixemos por hora nossas preocupações com o futuro de lado, e hoje, sigamos seu exemplo, já será mais do que o suficiente!

Ore, ore muito! Do seu jeito! Tendemos a confundir religiosidade com espiritualidade. Iniciamos nossa vida de fé através das religiões, das crenças que nos foram imputadas por nossas famílias. Devemos aprender a retirar delas o que elas possuem de melhor, e nos desvencilhar daquelas que nos limitam.

Não sou católica, desde meninoca, mesmo estudando junto às freiras, ultrapassei as barreiras religiosas para buscar a espiritualização do meu ser, mas tenho raízes nessa religião, vindas de meu pai, e tenho raízes também no espiritismo, herança de minha mãe, e por isso, apenas por isso, as consagro e respeito infinitamente. Mas me dou o direito de não me rotular, e seguir me alimentando de tudo, e de todo o conhecimento espiritual que me inspira a ser uma pessoa melhor, e que me faz bem!

Gratidão Jesus! Eu te amo!

Nesse instante, vamos orar juntos, seja qual for a sua religião! Vamos orar a oração de São Francisco:

Oração de São Francisco

“Senhor, fazei-me instrumento da vossa paz

Onde houver ódio, que eu leve o amor

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão

Onde houver discórdia, que eu leve a união

Onde houver dúvida, que eu leve a fé

Onde houver erro, que eu leve a verdade

Onde houver desespero, que eu leve a esperança

Onde houver tristeza, que eu leve alegria

Onde houver trevas, que eu leve a luz

Ó mestre, fazei que eu procure mais

Consolar que ser consolado

Compreender que ser compreendido

Amar que ser amado

Pois, é dando que se recebe

É perdoando que se é perdoado

E é morrendo que se vive

Para a vida eterna

Ó mestre, fazei que eu procure mais

Consolar que ser consolado

Compreender que ser compreendido

Amar que ser amado

Pois, é dando que se recebe

É perdoando que se é perdoado

E é morrendo que se vive

Para a vida eterna”.

A união de todos os seres da Terra fará com que o amor vença os desafios que ainda teremos pela frente! Só o amor poderá nos regenerar e nos salvar de nós mesmos! Só o amor!

Por tanto, não aceitemos mais que guerras movidas pela ganancia sejam exaltadas por homens de pouca fé! Mudemos o nosso foco de conquistas essenciais!

Renascer no amor é a nossa única chance de vencer o mundo!

Sigamos as palavras de Jesus!

VOCÊ SABIA QUE O SEU AMIGO GURU TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS TORNARÃO A SUA VIDA MUITO MAIS LEVE E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.