Querido Deus, preciso tanto da tua luz, do teu amparo e do teu amor.

Preciso da fé que me faz caminhar por passagens por vezes estranhas, por lugares que ainda não conheço, mas que me farão sentir o poder da oração refletida em minha alma através da cura que recebo.

Querido Deus, Pai de infinito amor e bondade; da luz dos sóis infinitos, venho em nome de todos os aflitos, pedir seu suporte de amor e fraternidade sem julgamentos, sem alarde, sem discórdia, sem exigências.

Pai do Universo, Pai da nossa morada de desprendimento, acalma cada angústia deste mundo de desterro, de provas e expiações; deste mundo tão carente de reciprocidade, entendimento e amor.

Que em cada desejo de saúde, felicidade e paz interior, possa brotar a claridade do infinito, o teto que abriga, a batalha que cessa e a vitória que chega, acalmando o redemoinho que suga a nossa energia vital.

Pai, amado e querido, que seja abençoado cada ser que busca por lucidez e sanidade espiritual, que busca ser melhor, que busca afastar as dores cuidando mais de si, atraindo prosperidade e fartura de bem querer.

Olhe por nós, que olharemos para dentro de nós mesmos, sentindo o que é necessário para viver e muitas vezes sobreviver ao caos que habita nosso ser.

Peço e transmito minha gratidão por tudo. Peço com humildade e resiliência.

A vida continua, a estrada é um grande caminho que precisamos aprender a atravessar.
Receba meu abraço, receba meu amém.

Eu recebo minha vida como obra divina criada para que eu possa resgatar e saldar meus débitos. Que todos possam estar protegidos de todo mal.

Sei que tudo é transitório e efêmero.

Eu creio e aceito minha condição de aprendiz.

Anseio por dias melhores, por sentimentos mais humanos e sinceros.

Está tudo certo.

Está da forma exata, na hora certa.

Está como deve estar. Está como deve ser!

Assim seja!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Sil Guidorizzi
Sou Paulista, descendente de Italianos. Libriana. Escritora. Cantora. Debruço-me sobre as palavras. Elas causam um efeito devastador em mim. Trazem-me â tona. Fazem-me enxergar a vida por outro prisma. Meu primeiro Livro foi lançado em Fevereiro de 2016. Amor Essência e Seus Encontros pela Editora Penalux. O prefácio foi escrito pelo Poeta e Jornalista Fernando Coelho. A orelha escrita pelo Poeta e jornalista Ivan de Almeida. O básico do viver está no simples que habita em mim.