Quem ama cuida, quem quer perto permanece, quem luta junto se fortalece. Por isso agradeço meu Deus, por todas as vezes que lhe chamei em silêncio, e, que, prontamente você me ouviu.

Querido Deus, estou agradecendo por esse instante, por esse momento onde estou, aqui entregue aos seus sinais, aos seus desígnios, a sua atenção e zelo por mim, por todas as vezes que oro e a oração me fortalece.

Estou aqui, de bagagem menos pesada, de alma mais leve, de coração livre cuidando dos dias que seguem por vezes distintos.

Mas, creia, estou bem, estou mais lúcida e me sinto mais capacitada e menos dolorida. Sinto-me mais branda, apesar dos contratempos.

Tenho me erguido como quem se ergue olhando pro infinito observando o que há por trás do que meus olhos conseguem ver.

Tenho essa capacidade interna de ouvir, de silenciar, de transcender, muitas vezes, a lugares que ninguém vê, mas que eu sinto como libertação espiritual. A isso também agradeço.

Querido Deus, nem sempre eu estarei em dias bons, nem sempre eu estarei assim tão pronta.

Eu creio na fé que me sustenta, na luz que entra pela fresta da janela e que de repente ilumina o canto que precisa de mais vigor, mais coragem, mais desprendimento.

Pouco me importa se pessoas falam, se pessoas criticam, se pessoas julgam. A minha teoria é a de que muitas dessas pessoas me esquecerão na próxima esquina, muitas delas nem se esbarrarão mais comigo. E isso também me fortalece!

Elas são apenas o lado que não conheço, o lado que não sinto, o lado que não me afeta.

Então prefiro exercer o meu livre arbítrio, prefiro fazer o que a consciência pede sem me anular, sem esperar aplauso de ninguém.

Quem é fiel, permanece. Quem é fiel, motiva. Quem caminha junto, sabe o que preciso.

Graças a sua generosidade, a sua bênção que me protege e me elucida, o lado de dentro, eu me motivo, me inspiro e não preciso dizer nada a ninguém.

Obrigada por plantar em mim a semente do bem, do altruísmo, do direito as próprias escolhas, sem fazer de mim uma mera espectadora da vida.

Que hoje minha oração simples, encha meus pulmões de esperança, encha minha alma de progresso espiritual e que eu não me sinta jamais abandonada por sua profundidade em ver e auxiliar, em sentir e compreender.

Quem ama cuida, quem quer perto permanece, quem luta junto se fortalece.

É por isso que me sinto guerreira, me sinto plena, me sinto amparada por anjos e por sua presença sempre firme em meu ser.

Hoje é mais um dia de vida, mais um dia de deixar minha essência ao mundo.

Os meus olhos sempre vão amar aquilo que me faz bem, meu coração sempre vai estar ao lado de quem precisa de mim.

Querido Deus, deixo aqui essa mensagem de paz, porque preciso de paz e preciso seguir.

Que todas as guerras cessem e que um novo tempo nos acalente.

Gratidão por todas as vezes que lhe chamei em silêncio, e, que, prontamente você me ouviu.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Sil Guidorizzi
Sou Paulista, descendente de Italianos. Libriana. Escritora. Cantora. Debruço-me sobre as palavras. Elas causam um efeito devastador em mim. Trazem-me â tona. Fazem-me enxergar a vida por outro prisma. Meu primeiro Livro foi lançado em Fevereiro de 2016. Amor Essência e Seus Encontros pela Editora Penalux. O prefácio foi escrito pelo Poeta e Jornalista Fernando Coelho. A orelha escrita pelo Poeta e jornalista Ivan de Almeida. O básico do viver está no simples que habita em mim.