Que você não tenha medo, que você consiga respirar com mais calma batalhando pela tua paz interior. Muito barulho incomoda, muitas desculpas cansam, muitos vazios não dizem nada.

Que você não sinta vergonha da sua lágrima, da sua dor, dos seus silêncios e momentos mais tempestivos. Que você não se obrigue a nada e se respeite acima de tudo.

Ninguém sabe da sua trajetória. Nem tem acesso aos seus sentimentos e emoções. Você pode baixar a cortina, sair de cena e não se comunicar com o mundo externo dentro do seu tempo.

Que você não tenha medo, que você consiga respirar com mais calma batalhando pela tua paz interior.

Muito barulho incomoda, muitas desculpas cansam, muitos vazios não dizem nada.

Que você possa estar dentro de você e que você encontre a saída que precisa através da tua alma que busca conforto.

Que todos os incêndios sejam apagados, que a luz do alto lhe traga florescer espiritual.

Não se sinta mal por dizer não, não se sinta menos por nada.

Lá do alto existe uma morada onde Deus habita. De lá, você receberá o lenitivo necessário e a força para transitar pelo seu espaço físico. Mas jamais esqueça que é preciso construir pontes ao invés de muros.

Não se feche por completo e nem aceite que venham tomar posse da sua vida. Imponha-se e queira-se bem. Cuide-se e sorria quando teu coração estiver feliz.

Por vezes você será testado e prensado contra si mesmo(a). Tenho certeza de que você vencerá.

Que seu despertar seja sereno e que teus cansaços sejam abraçados pelo Pai Maior. A arte de amadurecer é a arte de agradecer constantemente pelas provas da vida.

Mantenha a fé acesa e lute para que o bem sempre vença o mal. É preciso injetar uma boa dose de esperança dentro de qualquer recomeço.

Vá por onde quiser, desde que você seja guiado (a) pela energia do amor.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Sil Guidorizzi
Sou Paulista, descendente de Italianos. Libriana. Escritora. Cantora. Debruço-me sobre as palavras. Elas causam um efeito devastador em mim. Trazem-me â tona. Fazem-me enxergar a vida por outro prisma. Meu primeiro Livro foi lançado em Fevereiro de 2016. Amor Essência e Seus Encontros pela Editora Penalux. O prefácio foi escrito pelo Poeta e Jornalista Fernando Coelho. A orelha escrita pelo Poeta e jornalista Ivan de Almeida. O básico do viver está no simples que habita em mim.