Pare de tentar competir comigo! Meu desejo é que você ganhe também!

Quando nos aceitamos e estamos felizes com a nossa jornada não existe uma vontade desmedida de competição.

Podemos ainda não ter alcançado o patamar desejado mas, se o trilho for o certo e se estivermos atingindo nossas metas pessoais e profissionais de forma equilibrada jamais veremos o outro como um adversário a ser temido, não dessa forma negativa.

Uma pessoa completa gosta que todos à sua volta atinjam os seus objetivos e cumpram aquilo a que se propõem.

Nada é mais gratificante na vida do que poder compartilhar a sua felicidade com os outros vendo que todos estão tão felizes quanto você. É muito ruim se sentir feliz e olhar para o entorno e ver tanta gente doente, dominada pelo egoísmo e pela inveja.

Cada conquista do outro consegue trazer um sabor de vitória para quem sabe o seu lugar no mundo.

Quem compete a todo o momento é alguém que não se concentra em si e nos seus objetivos, alguém que por alguma razão não encontra forma de se colocar no mundo e por isso inveja quem consegue.

A única pessoa com quem devemos competir é conosco mesmos.

Devemos buscar alcançar todos os objetivos que temos em mente e vencer todos os nossos limites sem nos acomodarmos ou cedermos à preguiça.

Quanto ao outro, a melhor solução é ajudar.

Quando a gente deseja o bem para o outro o bem retorna para nós.

Ficar feliz com as conquistas alheias e ter em mente que, se todos crescermos, se todos formos bem sucedidos a nossa sociedade será melhor é uma demonstração de maturidade, sabedoria e amor pela vida.

Não precisa competir comigo porque eu já estou muito ocupado competindo comigo mesmo! E o meu desejo é que você faça o mesmo!

*Foto de Priscilla Du Preez no Unsplash
**texto de Fabiano de Abreu – Doutor e Mestre em Psicologia da Saúde pela Université Libre des Sciences de l’Homme de Paris; Doutor e Mestre em Ciências da Saúde na área de Psicologia e Neurociência pela Emil Brunner World University;Mestre em psicanálise pelo Instituto e Faculdade Gaio,Unesco; Pós-Graduação em Neuropsicologia pela Cognos de Portugal;Três Pós-Graduações em neurociência,cognitiva, infantil, aprendizagem pela Faveni; Especialização em propriedade elétrica dos Neurônios em Harvard;Especialista em Nutrição Clínica pela TrainingHouse de Portugal.Neurocientista, Neuropsicólogo,Psicólogo,Psicanalista, Jornalista e Filósofo integrante da SPN – Sociedade Portuguesa de Neurociências – 814, da SBNEC – Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento – 6028488 e da FENS – Federation of European Neuroscience Societies-PT30079.
E-mail: deabreu.fabiano@gmail.com

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Fabiano de Abreu
Fabiano de Abreu Rodrigues é psicanalista clínico, jornalista, empresário, escritor, filósofo, poeta e personal branding luso-brasileiro. Proprietário da agência de comunicação e mídia social MF Press Global, é também um correspondente e colaborador de várias revistas, sites de notícias e jornais de grande repercussão nacional e internacional. Atualmente detém o prêmio do jornalista que mais criou personagens na história da imprensa brasileira e internacional, reconhecido por grandes nomes do jornalismo em diversos países. Como filósofo criou um novo conceito que chamou de poemas-filosóficos para escolas do governo de Minas Gerais no Brasil. Lançou o livro ‘Viver Pode Não Ser Tão Ruim’ no Brasil, Angola, Espanha e Portugal.