Pare de postar indiretas nas suas redes sociais, me liga e conversa como adulto!

Quem deseja verdadeiramente o bem do outro e quer ajudar de fato, senta e conversa, não ignora e fica mandando recados virtuais como se o outro fosse pescar no ar e boa.

Na vida real seria bom sentar e conversar honestamente, orientar, explicar com respeito e demonstrar interesse de alguma forma, mas preferir ficar mandando indiretas nas redes sociais é duro de aguentar.

Me assusta muito quando me deparo com indiretas feitas por pessoas que teriam livre acesso para nos dizer o que elas desejassem, a hora que quisessem, mas preferem colocar o que pensam em textões e frases na internet. É, há um vasto abismo entre nós mesmo.

Soa para mim como covardia, falta de respeito e, de verdade, acaba com a admiração.

Uma pessoa que tem muito a oferecer, adquiriu conhecimentos importantes, mas prefere jogar migalhas para se sentir superior e no controle, me desculpe a honestidade, soa a pretensão. Um pouco de humildade, compaixão e empatia é bom.

Essa atitude arbitrária beira a infantilidade e não soa verdadeira, me faz pensar o quanto pode ser superficial as relações humanas. Eu agradeço por isso. Me fez aprender a impor limites.

Eu te devolvo essa “suposta ajuda” em formato de indiretas digitais.

É um tal de “se liga nessa que eu tenho pra você hoje” pra lá, e uma falta de atenção com profundidade ao que eu de fato quero e sinto, que, eu paro, respiro bem fundo, reflito, oro, mando boas vibrações e faço o que precisa ser feito, tanto para o meu bem quanto para o seu.

Você pode me ligar e falar exatamente o que pensa com amor e empatia, aliás é exatamente o que eu mais queria, e já pedi a você.

Essas mensagens não ajudam em nada, apenas agridem, julgam e apontam o dedo para quem você “pensa” conhecer, mas que no fundo, não se deu nem ao trabalho de tecer uma compreensão profunda.

Quem manda indiretas pelas redes sociais quer se passar por “pessoa bem resolvida e empática”.

Acontece que, quem já se resolveu de verdade não precisa disso, não se sente mais forte diminuindo o outro, não se gaba por saber mais, e não julga o outro sem antes tecer a tal da compreensão profunda. Lembra?

Em um belo dia, acordei para esse fato, de atitude em atitude, consegui perceber o oceano que divide as suas palavras das suas ações.

Uma pessoa que posta cards lindos, mas é grosso com o garçom me causa repulsa.

Uma pessoa que leva conhecimentos importantes ensinados por grandes mestres, mas desvaloriza o seu “colaborador” de anos, e não consegue lhe dar uma orientação respeitosa, me assusta.

Porque, ao invés de doar o seu tempo para esclarecer questões importantes você se presta ao papel de jogar indiretas nas redes como se já soubesse o que acontece, sem ao menos ouvir o que o outro tem a dizer?

O que eu posso falar sobre isso?

Para a nossa ficha cair, quem manda indiretas pela internet tem um perfil muito peculiar…

Basta que olhemos quem são as pessoas que ela reverencia e a quem ela oferece a sua melhor versão todos os dias. Geralmente, ela é gentil, engraçada e amorosa com pessoas que possuem forte influencia social, muitos seguidores, gente que pode as levar a conquistar ainda mais sucesso e projeção social.

Depois, basta olhar como elas tratam aqueles que elas “pensam” que não possuem muito a oferecer, que não possuem muitos seguidores, que não são assim tão sociáveis, mas que possuem um grande coração.

Foi assim que despertei para o fato de que existem muitas pessoas que decoram o livro, mas não colocam em prática os conhecimentos, talvez os coloque apenas com os “seus”, com os seus, não com aqueles que não estão próximos no dia dia, mas que fazem parte, ou até colocam, mas apenas com “alguns escolhidos”.

Essa bondade seletiva é predatória e me deixa muito indignada.

Ninguém é obrigado a gostar de ninguém, mas respeito é essencial nas relações.

O MELHOR DOS MUNDOS: TER conversas edificantes com pessoas verdadeiras!

Ao invés de postar indiretas, ofereça atenção afetuosa, seja honesto e verdadeiro, traga uma resposta positiva as questões que eu levanto, me ouça, me veja, e não apenas aponte o dedo e faça conclusões desonrosas com um textão.

Sou jornalista e adoro pessoas que sabem dialogar, ao mesmo tempo, a falta de comunicação clara me perturba.

To cansada, e esse momento de expurgo é extremamente importante para que eu possa me libertar de todas as mentiras que já me contaram nessa vida, sabe, e principalmente, para que eu passe a dar as mãos para quem sabe valorizar os meus anos de luta e de contribuição comprometida.

Deus está vendo você pagar de nobre e bom moço mas, no inconsciente das suas atitudes, zombar e pisar nos sonhos e nos esforços daqueles que tanto contribuíram com os seus.

Uma coisa que eu aprendi com tudo isso é que sempre devemos retirar a lição, e a lição que eu tiro de tudo isso é: seria fácil amar a todos se “todos” soubessem conversar, aqueles que não conversam e só mandam indiretas, vou amar mesmo assim porque foi para isso que eu vim, para aprender a amar.

Se você deseja apenas os holofotes, vá em frente, mas se você deseja de coração me ajudar, ou ajudar alguém, pare de mandar indiretas pelas redes sociais, pegue o telefone e mostre que você tem um bom coração de verdade, sente e converse com amorosidade e empatia.

Pare de fazer julgamentos como anda fazendo em praça pública.

Não sou uma pessoa que guarda mágoas, já ressignifiquei toda a minha história com a ajuda de muitos mestres, e agora, ressignifico essa também.

Não desejo mal a você que posta indiretas não, pelo contrário, envio para você muito amor e agradeço por tudo o que aprendi com isso, mas o fato é que falta diálogo construtivo.

E para finalizar esse desabafo virtual, eu te agradeço!

E peço a divindade que limpe em mim todas as memórias de dor que compartilho com você, que purifique e perdoe se eu, ou os meus antepassados, fizemos algum mal a você, e ilumine nossas vidas com o amor verdadeiro que tudo transforma e soluciona.

Eu sinto muito, por favor me perdoe, eu te amo, sou grata!


*DA REDAÇÃO SAG.
Texto de Iara Fonseca. Me siga nas minhas redes sociais Instagram: @escritoraiarafonseca. Facebook: @iarafonsecajornalista.. Foto de Luis Santoyo no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.