Nem sempre é fácil aprender a ignorar certas atitudes negativas de pessoas que convivem conosco. Todo relacionamento interpessoal é essencial para a vida das pessoas, eles produzem satisfação e felicidade. Mas se você não é cuidadoso com as pessoas que você deixa entrar em sua vida, o oposto acontece, e te causa insatisfação e infelicidade.

Não deve ser incomum que qualquer situação que envolva emoções seja muito maleável; mas de repente pode fazer o oposto. Por esta razão, a chave para ser feliz é evitar e ignorar palavras, atitudes e comportamentos de pessoas que não querem o nosso bem.

Há circunstâncias em que ignorar, além de ficar longe de pessoas desagradáveis, é vital para manter uma boa saúde mental.

Certas atitudes das pessoas podem desestabilizar-nos completamente. A ponto de nos impedir de avançar na vida, alimentando sentimentos tóxicos e negativos.

Estar ciente de que você está em um relacionamento tóxico, em que você é a principal vítima, é o primeiro passo para cair fora desse tormento.

Ignorar não é apenas uma ação, é uma arte.

Não é tão fácil alcançá-lo com sucesso porque às vezes nos deixamos guiar por sentimentos e temos medo.

Na crença budista, diz-se que, uma vez, um homem se aproximou do próprio Buda, e assim, sem pensar, cuspiu no seu rosto.

Seus discípulos ficaram instantaneamente enfurecidos e Ananda, que estava mais perto dele, pediu permissão para dar o que merecia ao homem que cuspiu nele.

Ao contrário do que todos pensavam que ele faria, Buda enxugou o rosto e com grande serenidade respondeu ao seu discípulo: «Não. Eu vou falar com ele ». Ele juntou as palmas das mãos e se curvou em um arco, depois disse ao homem:

“Obrigado. Com o seu gesto, você me permitiu verificar que a raiva me abandonou. Eu sou muito grato a você. Seu gesto também mostrou que Ananda e os outros discípulos ainda podem estar cheios de raiva. Muito obrigado! Estamos muito gratos!

O homem ficou chocado e arrependido pelo que Buda havia dito.

Esta pequena parábola nos lembra do que significa ignorar. Muitas vezes a palavra tem uma conotação negativa quando procuramos prejudicar as pessoas com ela. Mas este não é o caso.

Ignorar é nunca permitir que as palavras, atitudes e comportamentos prejudiciais dos outros afetem seu equilíbrio interior.

Violência não é necessária, discussões com palavras ofensivas ou más ações não são necessárias.

Ignorar é construir um muro de proteção ao seu redor.

O essencial é aprender a ignorar certas pessoas sob certas circunstâncias. Nem você precisa se afastar completamente deles, porque todos, incluindo você, têm luzes e sombras.

Ignorar não é uma forma de vingança ou uma armadilha para fazer alguém sofrer, é apenas uma proteção.

Na vida você deve aprender a ignorar estas 3 situações:

Crítica destrutiva

Se as críticas que eles lhe dão não vêm com a intenção de ajudar a melhorar, mas de fazer com que você se sinta mal e desmotivado, então você deve ignorá-las completamente. Não deixe que os outros o julguem sem saber quão duro foi seu esforço.

Ações ruins

As más ações dos outros não devem alterar seu equilíbrio psicológico, porque se você não ceder para que elas atinjam seu objetivo. Lembre-se que a única coisa que pode prejudicá-lo é o que você dá o poder de fazer.

Manipulações

Alguns tentam ter controle sobre você e sua vida através de manipulação e chantagem emocional.
Você tem que estar ciente toda vez que esta situação se apresenta. Obviamente, os comentários ruins que fazem você se sentir culpado por coisas que não têm nada a ver com você. Não caia na armadilha da manipulação, você decide sobre sua vida.

Aprender a ignorar é um processo que requer treinamento e uma mudança radical de atitude. Ignorar não é se trancar dentro de você, ao contrário, é se abrir para o mundo sem permitir que outros o influenciem.

*Com informações de Concienciacolectiva. Livremente traduzido e adaptado por REDAÇÃO SEU AMIGO GURU.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!