Gente nunca amada, sempre irá criticar o amor das pessoas que se amam.

Pessoas nunca apaixonadas, jamais enxergarão paixão entre os apaixonados.

Gente que sequer se gosta, nunca entenderá quão forte é o poder do amor-próprio.

Para os que nunca conseguiram experimentar nenhum tipo de amor, tudo soa falsidade, tudo é submissão, tudo é ilusão, nada é inteiro, é tudo mentira, é tudo quebrado.

Para esses mendigos sentimentais, com problemas de vazios emocionais, amar não é verbo, paixão não é verso, amor não é eterno.

Que um dia encontrem e sejam encontrados, abracem e sejam abraçados, beijem e sejam beijados, amem e sejam amados.

Pois amar cura coração ressecado, esquenta corpos congelados, limpa olhar cego e embaçado.

E só a paixão verdadeira pode fazê-los voltar a acreditar na força imensa de um verdadeiro AMOR!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cleonio Dourado
Escrever é uma fuga que sempre uso. Não tenho temas. Não tenho destinos. Alguns devaneios e desatinos, quem sabe. Solto as palavras ao vento. Viajo ao vê-las viajando pelo ar. Recolho as que voltam nos relentos das manhãs e me lavo em seus afagos. Eu me aguo, renasço. Palavras me acariciam a alma, despertam-me sentimentos, paz, calma. Leio, releio, rascunho e escrevo. Faço dos textos da minha lida, as estrelinhas da minha vida