O papa desafiou o bloqueio da Itália na tarde de domingo, deixando sua casa no Vaticano para orar pelas pessoas afetadas pelo novo coronavírus em um famoso crucifixo que, segundo os crentes, ajudou a salvar os romanos da praga em 1522, as informações são da CNN.

O papa parou seu carro Ford Focus perto da Igreja de San Marcello, no centro da cidade de Roma, onde fica o crucifixo, a fim de caminhar até a igreja como um sinal de peregrinação, disse o Vaticano.

“O Santo Padre pediu o fim da pandemia que atingiu a Itália e o mundo”, disse o porta-voz do Vaticano, Matteo Bruni, em comunicado.

O papa também pediu “a cura de muitos doentes, lembrou-se das numerosas vítimas dos últimos dias e pediu que suas famílias e amigos encontrassem consolo e conforto”.

Ele orou por médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde, disse o Vaticano.

O crucifixo de madeira em San Marcello data do século XIV. Os fiéis primeiro o consideraram “milagroso” porque sobreviveu a um incêndio que incendiou a igreja em 23 de maio de 1519.

Três anos após o incêndio, durante a Grande Peste de Roma, o crucifixo foi levado pelos fiéis em procissão por todos os bairros de Roma, de San Marcello à Basílica de São Pedro.

A procissão durou 16 dias, de 4 a 20 de agosto. Diz a lenda que a praga terminou no dia em que o crucifixo chegou a São Pedro.

O Papa Francisco caminhou pela movimentada Via del Corso, em Roma. A rua estava quase vazia por causa das rígidas restrições de coronavírus da Itália.

Desde os anos 1600, as procissões da Igreja de San Marcello até a Basílica de São Pedro ocorrem durante os anos do Jubileu. João Paulo II abraçou o crucifixo durante o ano do jubileu de 2000.

Pouco antes de rezar diante do crucifixo de San Marcello, o Papa Francisco visitou o ícone da Virgem Maria na Igreja de Santa Maria Maior.

Conhecida como Maria, a Saúde dos Romanos (Salus Populi Romani) é o ícone favorito do Papa Francisco; ele a visita para orar antes e depois de cada viagem papal, e antes de outros eventos importantes.

Como o crucifixo de San Marcello, o ícone também foi levado em procissão, em um esforço para ajudar a deter uma praga – esta em 593 – pelo Papa São Gregório Magno.

Em 1837, o Papa Gregório XVI ofereceu orações ao ícone na tentativa de acabar com uma pandemia de cólera, segundo o Vaticano.

Que a sua oração traga a cura!

*Com informações CNN.

VOCÊ SABIA QUE O SEU AMIGO GURU TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS TORNARÃO A SUA VIDA MUITO MAIS LEVE E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!