Padres renunciam a salários e diocese anuncia doação de respirador para hospital

Ação foi confirmada em abril e objetivo é manter os funcionários da Diocese de Patos e itens essenciais das igrejas.

Esse gesto solidário partiu do bispo dom Eraldo Bispo da Silva, e dos padres e dos diáconos da Diocese de Patos, diante dos tempos nebulosos provocados pela pandemia do novo coronavírus vem do Sertão da Paraíba. Eles renunciaram os seus salários por dois meses, para pagar funcionários e manter os itens essenciais de cada igreja. Um respirador será comprado com o dinheiro de um fundo mantido pelos religiosos e doado para o Hospital Regional de Patos.

A decisão foi tomada no dia (3) de abril, de acordo com o padre José Joácio Nóbrega, pároco da Catedral de Nossa Senhora da Guia. Segundo ele, o gesto do bispo Dom Eraldo foi acompanhado pelos demais religiosos que fazem parte da Diocese de Patos.

“O gesto de Dom Eraldo foi seguido por todos da Diocese. Nossa prioridade são os funcionários e coisas essenciais das paróquias, então doaremos dois meses dos nossos salários. Hoje, cada padre recebe três salários mínimos para manter a si e a paróquia. O dinheiro do respirador virá de um fundo mantido por nós, que auxilia padres que estão sem paróquias ou em tratamento contra alguma doença”, disse padre Joácio, em entrevista ao repórter José Filho, da Rádio Itatiunga.

Considerado um religioso com visão progressista, dom Eraldo Bispo da Silva chegou a oferecer a estrutura das 40 igrejas da Diocese de Patos para a utilização por parte dos órgãos de saúde e vigilância em ações de combate ao avanço do novo coronavírus. Além disso, o bispo também colocou à disposição a Rádio Espinharas de Patos, que conta atualmente com duas emissoras FM.

Um dia antes do anúncio, Dom Eraldo e padre Joácio percorreram várias ruas de Patos, no Sertão, promovendo uma benção com o Santíssimo Sacramento.

A ação, que também aconteceu em outras cidades da Paraíba, foi para aproximar as pessoas de um dos símbolos mais importantes da igreja católica, neste momento em que os fiéis não podem frequentar as igrejas, evitando aglomerações.

De acordo com o padre José Joácio Nóbrega, pároco da Catedral de Nossa Senhora da Guia o gesto do bispo Dom Eraldo foi acompanhado pelos demais religiosos que fazem parte da Diocese de Patos.

Um belo ato dos religiosos que devem ser seguidos por outros do mundo todo. Precisamos de solidariedade nesse momento e aqueles que seguem a palavra de Jesus precisam dar o exemplo.

*Com informações de Templário de Maria.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!