Todos que procuram ser pessoas melhores passam por grandes dramas de consciência. Só perde o sono por um erro cometido, uma palavra mal dita, uma ajuda negada, uma discussão inconsequente quem está em busca de evolução. Os que se comprazem em dizer que são assim mesmo e não têm como mudar, dormem tranquilos.

Digamos que você é dessas pessoas que já percebeu a necessidade de mudar comportamentos e pensamentos para ter mais paz de espírito, que está em busca de respostas para atitudes que lhe incomodam, que promete nunca mais fazer alguma coisa que considera negativa mas acaba caindo na armadilha da repetição. Bem-vinda ao clube dos que lutam a árdua batalha da reforma íntima.

Ninguém disse que seria fácil evoluir.

Se você já tomou consciência do propósito da vida, sinto muito dizer, mas esse é um caminho sem volta. A partir de agora, e para toda a eternidade, você vai viver dramas e conflitos, vai buscar ajudas, vai perder o sono e se arrepender de muitas coisas, vai ter raiva de si mesmo, enfim, sua vida nunca mais será aquele mar de rosas dos que pensam que basta comer, beber, dormir e comprar para ser feliz.

Cada passo dado na direção da consciência de nossas falhas e limitações, dos erros e acertos, do compromisso com a construção de um ser humano melhor é um salto no escuro.

Estamos trilhando um caminho novo e repleto de barreiras a transpor.

Enquanto o mundo inconsciente nos chama com luzes de neon para uma vida baseada em consumo, egos inflados e nenhuma avaliação sobre quem queremos ser, a reforma íntima exige constante amadurecimento emocional, valores sólidos e muita coerência nas atitudes. Por isso, é um caminho que se escolhe trilhar após profundas reflexões.

Enquanto a grande maioria dos seres humanos dorme em gigantesca inconsciência sobre o que vieram fazer neste mundo, nunca houve tantos com coragem para questionar os próprios comportamentos e sair em busca de mudança. Então, onde quer que você esteja nesse processo, tenha fé de que ele lhe trará mais felicidade, embora não lhe retire um pingo de problemas. Você apenas vai encará-los da forma que são: convites ao aprendizado.

A diferença entre quem está comprometido com a consciência e os que apenas deixam a vida lhe levar é que, apesar das dúvidas excruciantes, dos conflitos existenciais, da vontade de às vezes cometer uma loucura e da saudade de quando não pensávamos no que era certo e errado, o equilíbrio adquirido permite entrar e sair de situações difíceis com menos angústia e estresse.

Como aqueles doentes que, mesmo envoltos em tratamentos dolorosos, conseguem sorrir e ter esperança. Ou aqueles pais que perdem um filho e não se revoltam.

Só a possibilidade de passar por uma experiência traumática e não perder a solidez do caráter, o valor da vida e a estima por si mesmo já valem todo o esforço da reforma.

Aos que a abraçam a mudança com coragem e determinação, meus sinceros votos de progresso constante, com menos ilusão, mais amor, tolerância e respeito, mais paciência, menos orgulho e preconceito, menos ódio e rancor, mais perdão. O mundo precisa urgentemente de pessoas melhores.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Ana Cristina Sampaio
No jornalismo, aprendi a ler para questionar e a escrever para transformar. Mente inquieta e curiosa, gosto do controverso, abomino clichês e trabalho por uma sociedade com mais respeito e menos egoísmo. A frase que resume meu atual momento de vida é esta, de Ermance Dufaux: "Faça as pazes com suas imperfeições. Descubra suas qualidades, acredite nelas e coloque-as a serviço de suas metas de crescimento. Essa é a fórmula da verdadeira transformação". Vamos juntos aprender a pensar fora da caixinha, vamos ser como pirilampos na noite escura. © obvious: http://obviousmag.org/reforma_intima/autor/#ixzz5cxcpNv4Q Follow us: @obvious on Twitter | obviousmagazine on Facebook