“Nenhuma sociedade quer que você se torne sábio: é contra o investimento de todas as sociedades. Se as pessoas são sábias, não podem ser exploradas.

Se forem inteligentes, não podem ser subjugadas, não podem ser forçadas a uma vida mecânica, a viver como robôs.

Eles se imporão – farão valer sua individualidade, terão a fragrância da rebelião ao seu redor e desejarão viver em liberdade.

A liberdade vem com sabedoria, intrinsecamente —são inseparáveis— e nenhuma sociedade quer que as pessoas sejam livres.

A sociedade comunista, a sociedade fascista, a sociedade capitalista, a hindu, a muçulmana, a cristã – nenhuma sociedade gosta que as pessoas usem sua própria inteligência, porque no momento em que começam a usar sua inteligência, elas se tornam perigosas, perigosas para o sistema, perigosas para as pessoas que estão no poder, perigosas para os “ricos”; perigosas para todos os tipos de opressão, exploração, supressão; perigosas para as igrejas, perigosas para os estados, perigosas para os governantes das nações.”

Esse texto a cima foi escrito por Rajneesh, mais conhecido pelo grande publico por Osho, e traduz a realidade da dominação social e da perpetuação da pobreza no mundo.

Muitos se pergunta o motivo que leva os governantes a não investirem em educação e a sempre desviarem os recursos dessa área, em particular, tratando como se ela não fosse realmente importante para o desenvolvimento de uma nação.

Na verdade, a maioria dos países desenvolvidos investem em educação e se preocupam com a sua população até certo ponto.

O interesse que eles demonstram ter em relação a educação acaba, no momento em que as pessoas começam a demonstrar que estão se tornando conscientes da desigualdade e do monopólio financeiro que “poucos” possuem, e passam a querer exercer o seu poder no mundo.

Não é interessante para os poderosos do mundo que todos tenham conhecimento, pois o conhecimento traz uma certa liberdade e pode gerar prosperidade, e a prosperidade pode nos conceder um nível de poder, a voz que nos faltava.

Por isso existem poucos bilionários no mundo.

O intuito é que o poder fique nas mãos de algumas pessoas apenas, para que eles possam continuar controlando a massa como bem entendem.

Não acredito que o conhecimento liberta. O que liberta mesmo é a sabedoria. O conhecimento mal empregado e utilizado apenas para benefício próprio é um perigo para a humanidade, porque ele pode ser usado de maneira narcisista.

O conhecimento não te tornará poderoso da noite para o dia, mas com ele, você terá a possibilidade de se tornar sábio. E quando você se torna um sábio, você não aceita mais ser controlado, ser escravizado, e se revolta contra a desigualdade do mundo, a ponto de agir no sentido de mudar essa realidade.

Até quando vamos nos deixar subordinar por alguns poucos bilionários poderosos?

Até quando ficaremos nas mãos deles?

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.