Negar ajuda nesse momento de pandemia é uma clara demonstração de falta de humanidade.

Mesmo quem não tem como ajudar com dinheiro, pode e deve ajudar quem precisa com um acolhimento fraterno, compartilhando um pedido de ajuda, ou doando o seu tempo, a sua força de trabalho para levar um pouco de amor e carinho para quem, hoje, se sente completamente abandonado por um sistema perverso e desumano.

Muitas pessoas estão precisando de ajuda agora, nesse minuto.

Elas precisam do básico, do que para alguns é normal, e de tão normal, nem se lembram de agradecer.

Elas precisam de comida, de um teto, de um abraço! Elas precisam que nós olhemos para elas como iguais, como pessoas que merecem ser cuidadas, amadas, e preservadas naquilo que é direto de todos: a dignidade.

São mães que estão sofrendo vendo seus filhos com fome, sem ter o que dar para eles comerem, sem poder estudar, sendo privados de viver uma infância livre e feliz.

São pais que estão arriscando as suas vidas, saindo às ruas para “tentar” conseguir o pão de cada dia, e na maioria das vezes, voltando pra casa de mãos vazias.

E para qual casa eles voltam?

São famílias inteiras agrupadas em locais insalubres, onde há mofo, goteiras, e nenhum, ou um precário saneamento básico.

Onde há falta de água para beber, para fazer comida, e para algo simples, que se é exigido e essencial nesse momento: lavar as mãos.

Essas pessoas são invisíveis para muitos que não conhecem o sentido da compaixão.

Para muitos que “lavam as mãos” o tempo todo na sua fonte de água abundante. Para muitos que “dão de ombros”, e acreditam não terem nada a ver com os problemas alheios.

Enquanto famílias inteiras estão sofrendo, eles estão fazendo festas, aglomerações, indo para praia, curtindo a vida adoidado como se não houvesse amanhã.

E mesmo se o amanhã não fosse chegar realmente, essas atitudes individualistas e egoístas não sairiam em pune. Porque existe algo a mais nos guiando e nos observando, e esse “algo”, é muito mais poderoso do que a nossa “pequena” compreensão pode alcançar.

Nada passa despercebido para Deus, e mesmo que você não acredite em nada disso, a conta uma hora vai chegar.

Uma hora a irresponsabilidade e a ganancia de querer tudo apenas para si, vai te pegar “de calça curta” meu bem, e não é o meu desejo, é a lição que será endereçada a você, aqui nesse mundo, ou depois.

Se engana quem pensa que a vida deve ser aproveitada ao máximo para ser bem vivida.

A vida deve ser compartilhada ao máximo para que a gente possa gozar da felicidade plena.

Enquanto nós não entendermos que não somos nada sozinhos, e que tudo o que nos foi dado deve ser compartilhado, ficaremos girando entorno do nosso ego mesquinho e colecionando tristezas que se transformam em doenças emocionais e mentais.

A nossa inconsequência sempre nos é cobrada em pequenas doses, e quando percebemos, lá estamos nós, cheios de comida na geladeira, em uma casa grande e confortável, mas deprimidos, sem motivação, desanimados, mesmo com uma vista lindíssima para o mar. Que incoerência do destino, não?

E eu te pergunto: O que adianta aproveitar um final de semana divertidíssimo com a turma, ostentando dinheiro, luxo, e literalmente “se lixando” para o sofrimento dos outros, e quando colocar a cabeça no travesseiro ser dominado pela insônia e pelas perturbações mentais que são invalidam a sua vida?

Eu repito, muitas pessoas estão precisando de ajuda nesse momento, muitas pessoas estão precisando do seu acolhimento, do seu amor, do seu respeito, não negue!

Arregace as mangas e se coloque a serviço com amor.

Deixe as baladas, as comemorações infundadas, os desperdícios, e as ostentações de lado agora, ressignifique a sua vida, limpe os seus óculos escuros que turvam o verdadeiro sentido disso tudo.

Mude a forma como você encara a vida!

A mensagem de Deus está clara, e só não enxerga quem não tem olhos para ver.

Onde estão os seus olhos? Para onde você está olhando? Para frente, para cima, ou para baixo, pro seu próprio umbigo?

Nós estamos tendo uma oportunidade de nos redimir e de doar ao mundo o que temos de melhor.

O fato é que muitas pessoas não acreditam no bem, no amor, na solidariedade, e se deixam levar pelas sombras, pelo ódio, pelo egoísmo, e pela ignorância dos prazeres imediatos.

Nada ficará impune, meu irmão e minha irmã, nada!

Tudo aquilo que você alimenta ganha força.

Alimente pessoas, e elas te fortalecerão.

Alimente seu ego, e sua inconsequência, e eles te levarão para o buraco negro que se tornou o seu coração.

A escolha é sua! Você também poderá precisar de ajuda um dia!

Escolha se importar mais! Amar mais, doar mais! E a vida vai voltar a sorrir pra você através dos olhos daquele que você fez bem!

*Texto de Iara Fonseca*Foto de Taylor Brandon no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS






COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, escritora, editora chefe e criadora de conteúdo dos portais RESILIÊNCIA HUMANA e SEU AMIGO GURU. Neurocoaching e Mestr em Tarot. Para contratação de criação de conteúdo, agendamento de consultas e atendimentos online entrem em contato por direct no Instagram.