Não se preocupe! Deus sempre transforma situações difíceis em algo extraordinário!

Deixa eu te falar algo muito importante que talvez você nunca tenha dado importância:

Deus nos dá sinais quando algo não vai bem, ou quando certas escolhas que fazemos estão nos levando para um abismo sem volta.

Ele nos avisa sim, que estamos depositando a nossa confiança em pessoas erradas, e nos revela o caráter de algumas também.

Deus trabalha dia e noite por nós quando nos colocamos aos seus cuidados. Ele tem um destino para cada um de nós e quer que cheguemos lá.

Quando você perceber que o seu coração está inquieto, que o seu espaço está pequeno, que o seu pensamento está totalmente contra você, que a sua mente está distraída e cansada, se dê uma pausa, e se observe. Conecte-se com a sua alma, se perceba, e comece a se resgatar daquilo que está te roubando de você.

Aceite as mudanças, passe pela fase das transformações de cabeça erguida, deixa Deus te refinar para um propósito maior do que qualquer outro que você já viveu.

Todos passamos por processos não programados e, às vezes, nos sentimos invisíveis e sem motivação, mas é assim que funciona.

José no Egito, passou por um tempo sendo jogado de um lado para outro, (COVA, ESCRAVIDÃO, PRISÃO), até ficar pronto, e se tornar visível aos olhos de todos para assumir o cargo de governador.

Deus sabe o que faz viu, Ele sabe quem honra.

“Experimentei parar de reclamar, de julgar, de me justificar, eis que um milagre aconteceu, aquela sensação de que uma nuvem escura sempre me acompanhava, simplesmente desapareceu e, como num passe de mágica, pude enxergar claramente a direção certa!” Iara Fonseca

*DA REDAÇÃO SAG. Foto de Clarke Sanders no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









CECILIA SFALSIN, EVANGÉLICA, Filha do Deus altíssimo. Autora dos livros: Seguir em frente e Minha vontade de vencer é maior. Desprendida, é assim que me descrevo. Levo a vida com delicadeza, e as letras como um escape das rotinas e dos encargos que os dias nos obrigam a assumir. Sou quase amável, cristã, e apaixonada pelo autor da fé e da vida, Jesus.