Mulher vende carro e usa herança para salvar a vida do cachorrinho: “Eu o amo muito”

O cachorrinho tinha um problema cardíaco grave, que poderia matá-lo se não fosse operado imediatamente. “Tudo custou US$ 20.700. Embora fosse uma grande quantia de dinheiro, pensei que devia isso a ele. Eu o amo muito”, disse a mulher.

Jac Williams é uma britânica de 54 anos que vivia tranquilamente com Louie, seu Chihuahua de 10 anos. Porém, toda aquela aparente tranquilidade foi destruída quando seu cachorrinho foi diagnosticado com uma grave doença na válvula mitral do coração, que é fatal se não for operada rapidamente.

“Comecei a ver um declínio na saúde de Louie. Mas ele tem apenas 10 anos e os chihuahuas podem viver até os 16 ou 17 anos. Perguntei quais eram nossas opções e o veterinário mencionou que havia cirurgia, mas era muito cara”, disse Jac ao The Mirror.

A cirurgia envolveu muito dinheiro, mas tudo o que Williams tinha em mente era salvar Louie de alguma forma, então ela, imediatamente, colocou seu Nissan Qashqai à venda, mas mesmo assim ainda faltava algum dinheiro para completar o valor da cirurgia e ela não hesitou em recorrer aos fundos da sua herança para concluir todo o pagamento, e assim, ela fez, e seu cachorrinho foi operado.

mulher-vende-carro-e-usa-heranca-para-salvar-a-vida-do-cachorrinho-eu-o-amo-muito2

“A operação em si, sem todas as varreduras, custou US$ 20.700. Embora fosse uma grande quantia de dinheiro, pensei que devia a ele. Ele é um cachorrinho tão doce, eu o amo tanto. Ele fez a cirurgia e foi absolutamente incrível. Ele é apenas um pequeno superstar!” Jac disse ao The Mirror.

“Eu sei que é muito dinheiro, mas no final das contas, se você ama tanto seu cachorro, e há uma escolha, devemos fazer”, acrescentou ela.

Jac está muito feliz por ter salvado a vida do seu melhor amigo e nem um pouco arrependida por todo o sacrifício financeiro que fez.

A cirurgia, que só é feita em Londres, Cambridge e Japão, foi realizada no Royal Veterinary College pelo professor Daniel Brockman.

“Os cirurgiões tiveram que usar anestesia geral porque o coração de Louie parou completamente por 90 minutos. Naquela época, uma máquina se encarregava de bombear o sangue por todo o corpo, enquanto os veterinários trabalhavam”, relatou o Mirror.

E você? Faria o mesmo pelo seu pet?

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações The Mirror.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!