Menino de 11 anos abre restaurante vegano no Caribe depois de aprender a cozinhar

Faima Bakar

O pequeno Omari aprendeu a cozinhar quando sua mãe ficou doente

(Foto: Kennedy News and Media)

Omari McQueen, 11, acabou de abrir seu primeiro restaurante. O jovem quis se tornar um chef depois de aprender a cozinhar, por pura necessidade enquanto sua mãe Leah adoecia com enxaquecas ‘paralisantes’.

Apesar de ter sido criado com uma dieta à base de carne, Omari decidiu se tornar vegano depois de assistir vídeos online.

Seu restaurante está sendo considerado a melhor comida caribenha feita com ingredientes à base de plantas.

O talentoso cozinheiro aprende suas receitas assistindo a vídeos do YouTube e identifica suas especiarias e temperos pelo cheiro enquanto luta contra a dislexia.

Mamãe Leah diz que Omari até a ensina a fazer alguns truques dele.

Omari estreou em Boxpark, Croydon, depois que ele entrou em contato com o CEO do parque e o impressionou tanto que ele ofereceu o espaço sem aluguel por uma semana.

Um chefe de cozinha pequenino

(Foto: Kennedy News and Media)

“Sinto-me bem em abrir o restaurante. Estou mesmo entusiasmado em relação a isso. Eu sempre quis me tornar um chef’, disse Omari.

“Espero que muitas pessoas venham e achem isso gostoso.”

Quando sua mãe estava doente e seu pai teve que providenciar a comida, coube ao irmão mais velho de Omari cozinhar, mas ele não tinha interesse nisso.

Então Omari, com sete anos, se aproximou do fogão.

Sua família o ajuda na administração dos negócios


(Foto: Kennedy News and Media)

‘Quero abrir um restaurante [permanente] no Boxpark. Eu acho que vai ser muito divertido, e tantas pessoas vão ao meu restaurante’, acrescentou.

“Muitas pessoas vão querer falar comigo sobre o meu cardápio. Espero reunir as pessoas. Comida pode fazer isso.

Leah alega que toda a sua família, incluindo primos e avós, virão ajudar Omari a cozinhar durante o período de funcionamento do parque – embora ele esteja dando instruções como chefe de cozinha.

Ela disse: ‘Omari é realmente inspirador e estamos muito orgulhosos dele”.

Seu restaurante no Caribe é chamado Dipalicious

(Fotos: Kennedy News and Media)

“Ele fala sério sobre seus negócios, mas ainda é um garoto de 11 anos que gosta de jogar jogos de computador e correr jogando futebol.

‘Ele não está pensando em quem está chegando ou em quantos seguidores ele terá – ele não está pensando nisso. Ele só quer ver pessoas gostando da comida dele. Ele é tão humilde. Ele é uma criança tão humilde. Ele acredita em ajudar os outros.

Ele diz: “Vou mudar o mundo, apenas me observe”.

Omari ganhou prêmios por sua variedade de pratos veganos – cujos lucros estão financiando seu restaurante Dipalicious.

Um rosto em que você pode confiar

(Fotos: Kennedy News and Media)

Leah e o marido Jermaine McQueen, que trabalha como motorista de ônibus, também estão ajudando Omari a financiar seu sonho.

Eles começaram uma página de financiamento coletivo para colocar o restaurante em funcionamento. Definitivamente não é fácil. Não somos uma família rica fazendo isso por nosso filho. Ele veio de uma família da classe trabalhadora com seis filhos – acrescentou Leah.

*Via Metro.UK. Tradução e adaptação REDAÇÃO Seu Amigo Guru.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!