A primeira vez que essas três meninas se conheceram, cada uma estava lutando contra o câncer, hoje, são amigas e juntas conseguiram vencer a doença.

Eles apareceram para uma sessão de fotos no estúdio de Lora Scantling em 2014. Em um post de mídia social, o fotógrafo de Oklahoma perguntou se alguém conhecia garotinhas carecas que enfrentavam o câncer. Ele queria fazer um trabalho que impactasse e chamasse a atenção para o importante do investimento no combate a doença.

Emocionado pela perda de membros da família à temida doença, Scantling teve uma visão de um trabalho que queria fazer sobre o câncer. Fotografar crianças.

Elas estariam vestidas de pérolas e rendas. Colocaria o rosto inocente de uma criança com uma doença que afeta todas as faixas etárias. Isso deixaria as pessoas comovidas!

“Nenhum de nós sabia o quão grande seria o impacto”, disse Scantling à InsideEdition.com na quarta-feira.

“Dentro de um dia ou dois, tornou-se viral”. As imagens da sessão de fotos apareceram em todo o mundo. As pessoas começaram a escrever para o fotógrafo, pedindo atualizações sobre as crianças.

Então, as meninas se reuniam todos os anos para um portfólio atualizado. Cinco anos depois, todas elas estão livres de câncer e se tornaram grandes amigas.

As meninas em 2015.


As meninas em 2015. Lora Scantling

“Se você observar um garoto doente, isso comoverá o seu coração”, disse Scantling. “Você pensa: ‘Oh meu Deus, essas pobres crianças… preciso fazer alguma coisa para ajudá-las.”

Seu objetivo, disse Scantling, era destacar o câncer e a necessidade de combatê-lo de todas as formas imagináveis.

No ano passado, ela adicionou Connor Lloyd ao grupo. O menino está sendo tratado de leucemia linfoblástica aguda e sua família já era cliente de Scantling antes de ficar doente.

Ela disse que quando as pessoas veem as fotos dela, dizem: “é assustador e bonito”.

Para a imagem deste ano, Scantling colocou as quatro crianças com fotografias dos “combatentes caídos” de Scantling – nove crianças que morreram enquanto lutavam contra o câncer.

Essas crianças com câncer homenageiam outras nove que perderam a batalha contra a doença.


Lora Scantling

É importante, disse ela, homenagear os mortos e os sobreviventes.

“Esses pais ficaram muito honrados e emocionados por seus filhos serem lembrados”, disse ela.

E reações positivas continuam chegando, ela disse.

“Isso sempre me surpreende”, disse ela.

“Simplesmente não esperávamos que as pessoas fossem se importar tanto, simplesmente não esperávamos”.

*Via Inside Edition. Tradução e adaptação REDAÇÃO Seu Amigo Guru.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!