Mãe demonstra orgulho da casa simples onde mora “Não tenho vergonha, é a coisa mais linda que pode existir”

Essa mãe sofreu muito com as críticas que as pessoas faziam todas as vezes que ela mostrava fotos da casa simples onde mora com os filhos, até que resolveu dar uma resposta a altura.

É inegável a capacidade que algumas pessoas têm em pisar na dor das outras, sem nenhum remorço. Não é pobre quem não tem dinheiro, mas sim, quem julga e maltrata quem não tem. Esse sim é pobre de tudo, inclusive de amor.

Felizmente essa mulher não se deixou abalar pelo bullying que estava sofrendo por morar em uma casa de madeira e deu a volta por cima, mostrando dignidade, educação e muito orgulho por onde mora.

Infelizmente, hoje em dia, as redes sociais podem ser muito cruéis, levando as pessoas a desejarem mostrar apenas um status, uma casa chique e cheia de artigos de luxo. Mas essa mãe, não mora em uma casa assim, e poucas pessoas, moram, por isso, ela resolveu mostrar a sua realidade com muito orgulho, porém, recebeu um monte de críticas de vários seguidores, que disseram que ela deveria se envergonhar.

Ana Belén Loor, uma jovem de Machala, no Equador, postou vídeos nas redes sociais onde mostrou a sua casa simples, mas ela não esperava receber uma onda de comentários ofensivos e zombadores.

Ela se surpreendeu com os comentários, mas não apenas não sentiu vergonha de sua casa, como também se orgulhou dela; Curiosamente, muitas pessoas ficaram incomodadas com isso.

As pessoas se incomodam se você está feliz com o que você tem, mesmo sendo pouco, e elas também se incomodam se você diz que não está feliz. Parece que tudo que fazemos imncomoda os outros.

Essa situação fez com que Ana se defendesse de provocações. Ela disse que essa é a educação que deseja dar a filha, para que ela se orgulhe do que tem e de onde veio.

Em um vídeo em que se defende dos ataques, ela disse:

“Você pode ser pobre, mas precisa ser ordeiro”.

A reprodução já conta com cerca de 200 mil visualizações e mais de 10 mil “likes”, nela você pode ver como ela se orgulha de sua simples casa, onde reinam a educação e o respeito.

Ela ainda insiste em ensinar quem ainda permanece ignorante:

“Para aqueles que criticaram minha casinha, digo que não tenho vergonha de morar lá, porque é a coisa mais rica que pode existir”.

Ana não parará de mostrar a sua casinha, e como se sente orgulhosa dela, com certeza, em pouco tempo vai prosperar, e mesmo que futuramente ela consiga oferecer um lar melhor para as suas filhas, essa casa, nunca sairá dos seus corações, por lá existe muito amor.

Assista o vídeo:

*DA REDAÇÃO SAG.

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!