Lais Souza postou foto em pé com a ajuda de órteses, e disse “Nunca acreditem no impossível”!

Depois de 12 anos de seleção brasileira como ginasta e 18 meses praticando Ski já era considerada uma vencedora, mas depois de sofrer um acidente trágico em 2014 que a deixou tetraplégica com apenas 25 anos, e passar anos em tratamento intensivo, hoje, ela é muito mais do que uma vencedora, ela é alguém dotada de uma força descomunal, e que não acredita no impossível.

Lais Souza sempre se manteve esperançosa, mesmo com todas as indicações médicas contrárias.

Em nenhum momento duvidou que seria possível recobrar os movimentos, sempre teve consciência que seria difícil, mas a dificuldade nunca a intimidou, pelo contrário, a desafiou, mesmo quando os médicos diziam que não havia esperanças para o seu caso.

Aos poucos ela foi demonstrando as primeiras conquistas publicamente, alguns poucos movimentos nas mãos e sensibilidades voltando!

Uma menina de 25 anos sofre um acidente, agora uma mulher, de 30, mostra superação!

E divulgou em uma de suas redes sociais a maior superação de todas: Em setembro ela postou que finalmente conseguiu ficar de pé com a ajuda de órteses, mas sem precisar de apoio algum.

Agora ex-ginasta emocionou seus seguidores ao postar no último dia 10 uma foto em pé com as mãos na cintura.

“No começo, parecia impossível… INDEPENDÊNCIA.

Eu saí de casa aos 10 anos de idade, a partir daí sempre fui independente (12 anos de seleção brasileira e 18 meses no Ski)”, escreveu no Instagram.

View this post on Instagram

Independência No começo, parecia impossível… INDEPENDÊNCIA. Eu saí de casa aos 10 anos de idade, a partir daí sempre fui independente (12 anos de seleção brasileira e 18 meses no Ski) Aos 25 anos tetraplégica, quando ouvi, naquela hora, NUNCA imaginaria que aprenderia duas coisas: a) eu seria INDEPENDENTE. Deus me deu a oportunidade de continuar a trabalhar e me sustentar, realizar, sonhar. (casar, animais, casa na praia…) b) eu seria dependente igual todos são, NINGUÉM cresce e vive sozinho. Agradeço a @xpinvestimentos por investir na divulgação de histórias que mostram que todos nós passamos por momentos tristes, mas ainda neste momento o futuro guardar os nossos sonhos. Compartilhe também um pouco da sua história com a gente com a #acreditenoimpossivel. Eu já estou curiosa para saber da história do rapaz que super admiro: @henrique_fogaca74 🎈👨🏼‍🍳

A post shared by Lais Souza (@lalikasouza) on

“Deus me deu a oportunidade de continuar a trabalhar e me sustentar, realizar, sonhar. (casar, animais, casa na praia…)”, continuou.

Lais Souza sempre foi uma menina independente, desde os 12 anos já se sustentava e ajudava os pais, depois do acidente ela teve que aprender a ser dependente, e ser humilde o suficiente para entender a situação sem se revoltar. ”NINGUÉM cresce e vive sozinho”, disse ela.

LEIA MAIS: O QUE NÃO MATA, FORTALECE!

Mas mesmo com toda essa humildade, e tendo que viver essa provação e privação de liberdade, liberdade essa que ela presava tanto, ela se desafiava diariamente, e agora é um símbolo que serve de inspiração para as pessoas que se sentem sem esperanças. Ela até lançou a tag #acreditenoimpossivel, para que ninguém se convença de que seus casos nunca serão revertidos!

Algumas celebridades ajudaram a ex-ginasta por todos esses anos e deixaram seus depoimentos, como o de Glória Maria:

“Menina você é mesmo extraordinária!!!! Que exemplo! Que determinação! Que história! Te amo!!!!!”, escreveu nos comentários.

As pessoas torcem muito por você Lais, e torcem mais ainda quando enxergam a esperança nos seus olhos! É lindo ver as pessoas superarem seus dificuldades com um sorriso no rosto! A paixão pela vida cura qualquer ferida física ou emocional que carregamos!

Viva com paixão e abra um sorriso, independente das adversidades que possam existir, respire fundo e sinta o amor invadindo o seu corpo, tenha esperança, e como bem disse Lais, não acredite no impossível!

Desde o ano passado, Lais tem conseguido ficar em pé e recobrou a independência com a ajuda a ajuda de órteses!

Que tipo de “órteses” você precisa para tomar suas vidas em suas mãos? Escolhe a sua e use-as até que seus movimentos não precisem mais delas!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, educadora social, fundadora e editora de conteúdo do Rede de Ideias: PRODUÇÃO DE CONTEÚDO. Seu interior é intenso, sempre foi, transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhor, para si mesmo, e para o outro!