Jovem de 28 anos chupa chupeta e usa fraldas “É sobre conforto”.

Ela começou a usar fraldas, usa chupeta e prefere macacões – mas a jovem de 28 anos diz que não há nada de sexual nisso e revida aos trolls que criticam seu comportamento.

Segundo a jovem, ela roubava as fraldas de sua irmãzinha porque a faziam se sentir melhor

Lucy, 28 anos, mora na Filadélfia, EUA, trabalha como analista de segurança cibernética e gosta de se vestir de bebê em seu tempo livre.

Ela diz que começou a perceber que queria usar fraldas aos nove anos de idade, depois que sua irmãzinha nasceu e ela as roubava para usar porque a faziam se sentir melhor.

Quando se tornou adolescente, ela fez algumas pesquisas por conta própria e descobriu que havia uma comunidade de pessoas que sentiam o mesmo que ela – a comunidade Adult Baby/Diaper Lover (ABDL).

jovem-de-28-anos-chupa-chupeta-e-usa-fraldas-e-sobre-conforto2
(Imagem: @marshmellowkittykat/mediadrumwo)

Agora ela se deidica a responder aqueles que a julgam dizendo que esse comportamento é apenas uma parte de sua personalidade e não há nada de sexual nisso.

Embora ela nunca tenha recebido comentários negativos, ex-parceiros dela receberam comentários de pessoas dizendo que o que eles fazem é ‘assiustador’.

Mas a jovem diz que nem sempre foi fácil:

“Eu tinha oito ou nove anos quando tive esses sentimentos pela primeira vez e foi muito confuso”, disse Lucy.

“Eu não descobri que bebês adultos existiam até que eu era adolescente e fiz algumas pesquisas no Google quando tinha treze anos. Até então, nunca me ocorreu que haveria mais pessoas como eu.

“Tento usar o banheiro como uma pessoa normal até a noite e tento não deixar que isso afete meu dia a dia, minhas amizades ou minha carreira.

“É algo que minha mãe sabe, mas, além dela, eu mantenho isso em particular.

“Tenho uma boa carreira e sou boa no meu trabalho, mas no fundo ainda me sinto uma criança.”

Ela contou que seu gasto fica entre $ 90 – $ 120 por mês para manteer o seu estilo de vida. Ela diz que a maior parte de seu custo é em fraldas, mas ela também compra novas roupas e macacões.

Seu namorado parece aceitar isso também – e até lê histórias de ninar para ela antes de dormir.

‘Meu namorado atual não está na comunidade, mas ele lê contos de fadas para mim antes de dormir e isso me faz sentir muito confortável’, acrescentou Lucy.

Segundo ela, isso não é uma excentricidade para aparecer, mas sim, faz parte da sua personalidade.

“É parte da minha personalidade e ao postar sobre isso no Instagram, recebo comentários de pessoas me dizendo que sou bonita, o que é legal.

“Eu estava hesitante em fazer conteúdo e compartilhar fotos, mas recebo muitos comentários positivos e isso me faz sentir muito fofa.


Imagem: @marshmellowkittykat/mediadrumwo)

“Às vezes, recebo comentários muito sexuais e, se alguém diz algo realmente provocativo ou me pede para fazer coisas com as quais não me sinto confortável, geralmente ignoro”, conclui ela.

O que você acha desse comportamento? Parece saudável pra você ser uma criança eterna?

*DA REDAÇÃO SAG.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!