Junto com sua esposa Dorothea, o roqueiro Bon Jovi abrirá mais um banco de alimentos nos EUA e diz que não se sente satisfeito pois ainda não é suficiente. O astro é atuante nos três restaurantes que ele já tem, onde fazem doação de comida para quem precisa. Agora eles planejam alimentar 5.000 pessoas mensalmente em Nova York.

Os nossos ídolos nos conquistam por diferentes razões. Há quem admire um artista por seu talento, no caso de cantores pelas melodias que cantamos tantas vezes que nos levam a momentos felizes ou nos emocionam, as suas músicas acabam se tornando nossos próprios clássicos, como se embalassem nossas histórias.

Mas há um aspecto muito mais importante que o talento, a qualidade humana, o que é escasso nos dias de hoje, há poucas pessoas que brilham em seu trabalho e fora deles. E um deles é Jon Bon Jovi, que sempre acompanhado de sua esposa Dorothea, se sente impulsionado a sempre pensar nos mais necessitados.

Além de brilhar musicalmente com sucessos como It’s my life ou You Give Love A Bad Name com sua banda, Jon e Dorothea abriram o primeiro JBJ Soul Kitchen em Nova Jersey em 2011, um restaurante beneficente que ajuda os mais necessitados e que oferece a alternativa (para quem tem que pagar) de colaborar com US $ 20 dólares para cobrir os custos.

Em 2016, eles abriram um segundo restaurante no rio Tomas (também em Nova Jersey), sob o mesmo formato, aqueles que não têm dinheiro e não podem pagar pelo prato, se desejarem, podem colaborar, lavando a louça ou limpando o local.

No mesmo formato, eles abriram seu terceiro campus em 2019 na Universidade Rutgers de Nova Jersey.

Mas isso ainda não os deixou satisfeitos, eles querem mais.

Eles sabem o quanto as pessoas estão sofrendo com a escassez do básico com a pandemia do COVID-19, a ponto de, com as próprias mãos, independentemente dos riscos (considerando que Jon já tem 58 anos), eles saíram para as ruas enfrentando os perigos para trabalhar com mais empenho ainda e continuar distribuindo comida para quem precisa:

Agora, de acordo com o News Day, sua organização está formando um banco de alimentos que ajudará com a demanda no East End, Nova York, por conta da pandemia.

O banco de alimentos ajudará a encher as despensas locais de South Fork, o objetivo é fornecer alimentos para 5.000 pessoas por mês, em parte trazendo alimentos pré-cozidos de sua rede Soul Kitchen.

Lembre-se de que a ideia começou há cerca de 15 anos, quando Jon viu um homem dormindo do lado de fora da prefeitura pela janela de um hotel na Filadélfia.

Esse momento o marcou e o fez decidir oferecer uma vida melhor aos mais necessitados.

Obrigado Jon, você é um excelente artista, mas uma pessoa ainda melhor por dentro.

*DA REDAÇÃO SEU AMIGO GURU. Tradução e adaptação com informações de UPSOCL e News Day.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!