Jesus nos ensinou como viver e como tratar as outras pessoas.

Com apenas 12 anos de idade, Jesus foi encontrado ensinando os sábios no templo (ver Lucas 2:42–52). Eles ficaram surpresos ao ver o quanto Ele sabia.

Jesus tornou-se o maior mestre que já viveu. Ele costumava usar parábolas, ou histórias, para ensinar lições importantes.

Essas parábolas eram sobre pessoas e situações comuns, de forma que eram facilmente compreendidas. Hoje, Suas histórias ainda tocam nosso coração e nos motivam a segui-Lo e a servir outras pessoas.

O Livro de Mórmon também contém vigorosos ensinamentos do Salvador. Ele ensinou o povo a orar, a ser humilde e a viver em família.

Jesus sofreu e morreu por nossos pecados

Ao vir à Terra, a missão de Jesus era nos salvar de nossos pecados. Ele estava disposto a sofrer e a se sacrificar para pagar o preço de nossos erros, a fim de que pudéssemos nos arrepender e ser perdoados.

“Porque Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho Unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:16

No jardim do Getsêmani, Jesus sentiu o peso de todos os pecados e de todas as dores conhecidos pela humanidade.

Ele sofreu por cada pessoa que já viveu, sangrando por todos os poros de Seu corpo (ver Lucas 22:44).

Ele foi preso, cuspido, açoitado e crucificado na cruz. Mesmo tendo sido morto por seu próprio povo, Ele clamou a Deus para que tivesse misericórdia deles (ver Lucas 23:34).

Ao longo da vida, todos cometeremos erros e faremos coisas das quais vamos nos arrepender. Porém, se nos esforçarmos para ser melhores e orarmos ao Pai Celestial pedindo perdão, poderemos nos tornar limpos novamente.

Todos temos uma dívida para com o grande amor de nosso Salvador e Redentor Jesus Cristo.

“Foi só quando fiz 20 anos que comecei a entender quem é Jesus Cristo. Por meio da obediência aos ensinamentos de Jesus Cristo, encontrei esperança e imensa felicidade.” — Elizabeth P., mãe de cinco filhos

Jesus ressuscitou para que possamos viver novamente

Três dias após Sua morte, Jesus se levantou do sepulcro e apareceu a muitos de Seus amigos e seguidores. Ele foi o primeiro a ressuscitar, ou seja, após a morte, Seu espírito foi reunido novamente a seu corpo físico, agora perfeito. Por Jesus ter vencido a morte, todos ressuscitaremos um dia.

Jesus é o Filho de Deus

Nosso Pai Celestial enviou Seu Filho Jesus Cristo para tomar sobre Si os pecados de todos os que viveriam nesta Terra, a fim de que pudéssemos ser perdoados.

Esse sacrifício em nosso favor só foi possível por causa da divindade de Jesus e de Sua vida perfeita.

Jesus foi um excelente professor e servo de todos. Porém, Ele foi infinitamente mais do que isso. Quando Jesus perguntou ao apóstolo Pedro: “Quem dizeis vós que eu sou?” Pedro respondeu: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16:15–16).


Jesus nos deu o exemplo perfeito a seguir

A vida perfeita de Jesus nos mostra o caminho de volta ao Pai Celestial. Embora nunca tenha pecado, Jesus foi batizado para ser obediente a Deus e para nos ensinar que o batismo é uma exigência para todos.

Jesus é também o exemplo perfeito de amor.

Em sua vida na Terra, Ele cuidou dos pobres, curou os cegos (ver João 9:1–7), recebeu as criancinhas (ver Mateus 19:13–14) e até perdoou aqueles que O crucificaram (ver Lucas 23:34).

Seu amor é infinito e está disponível a todos os que necessitam dele.

Se abra para receber Jesus em sua casa hoje!

Digite: EU RECEBO!

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações Vide a Cristo.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!