“Inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança”. Stephen Hawking

Stephen Hawking, um dos mais consagrados cientistas contemporâneos, disse uma vez que a inteligência é a capacidade de se adaptar à mudança, e ele estava completamente certo. De nada adiantará uma inteligencia cognitiva estática se ela não for aliada à capacidade de traçar novas rotas em diferentes direções.

Com as novas tecnologias e a crise pandêmica, empresas e profissionais precisarão estar conectados a essa inteligência criativa: e desenvolver a habilidade constante de acompanhar o ritmo acelerado das transformações digitais e o fluxo natural da humanidade.

Para isso será preciso que nos empenhemos em nos manter em um processo contínuo de reinvenção, e que encontremos, sempre, novas maneiras de trabalhar.

Não teremos como fugir da necessidade de desenvolver novas competências, novas habilidades, e descobrir novas profissões que possam resultar em novos meios de sobrevivência.

A criatividade nunca foi tão essencial como agora, por isso devemos nos acalmar, para conseguirmos ter acesso a ela.

Devemos começar sendo criativos com as pequenas coisas. Sair do limitante ” não consigo”, e começar fazendo o que é necessário, urgente, para depois fazer o que é possível.

Toda essa adaptação faz parte de uma cultura de mudança: será preciso estar sempre aberto e disponível para o que é desconhecido, de forma contínua e veloz, e se manter atualizado.

Todos nós seremos cobrados para que nos reinventemos e nos tornemos melhores do que já fomos um dia, e do que somos hoje.

Nossos conhecimentos serão postos a prova, e essa prova testará mais intensamente a nossa capacidade de gerir as nossas emoções.

Nos veremos obrigados a trabalhar a inteligência emocional, sem ela, não conseguiremos nos reinventar ativamente, nos entregaremos as queixas e lamentações, nos apegaremos ao que era de costume, ao que já era conhecido, e “nos perderemos entre muitos”.

Além disso, é fundamental que as estratégias, métodos ou processos mudem ou se redefinam o tempo todo, para que as organizações permaneçam competitivas no mercado, seja para se proteger ou evoluir com ele, com o foco principal no cliente e naquilo que todos irão precisar daqui para frente.

Encontrar soluções possíveis para o que podemos fazer hoje é o único e melhor caminho, pois se não fizermos algo hoje, não existirá o amanhã.

Sem contar que a cultura de mudança está nas ações de cada um, e tem relação com a vontade de evoluir, de conhecer e de estar sempre aberto para o novo.

É uma questão de sobrevivência na construção do seu futuro, para que você não fique para trás.

Se reinvente, e não tema o futuro! Tenha em mente que tudo ficará melhor, até você, e siga em frente! Se redescubra!

Esse é o momento de dar sentido a vida, e de seguir o seu verdadeiro propósito, se não sabe qual é, comece agora mesmo um trabalho interno para descobrir!

VOCÊ SABIA QUE O SEU AMIGO GURU TAMBÉM ESTÁ NO FACEBOOK E NO INSTAGRAM?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS TORNARÃO A SUA VIDA MUITO MAIS LEVE E FELIZ!

COMPARTILHAR

COMENTÁRIOS




Iara Fonseca
Jornalista, poeta, palestrante, produtora e editora de conteúdo do Resiliência Humana e do Seu Amigo Guru. Seu interior é intenso, sempre foi! Transforma suas angustias em textos que ajudam muito mais a ela própria do que a quem lê. As vezes se pega relendo seus textos para tentar colocar em prática aquilo que, ela mesma, sabe que é difícil. Acredita que viemos aqui para aprender a ser, a cada dia, um pouco melhores, para nós, e para o outro!