Só existe gente folgada quando a gente permite. Ignore. Ignorar poupa a alma de muita chateação.

Tem gente que é atraso, é espinho, é calo, é âncora que só te puxa para baixo. Passe longe.

Desvie. Se benza. Quebre essa corrente. Arrebente o cadeado. Mude o caminho, pois esse está, totalmente, errado.

Saia correndo se for preciso.

O que vale a pena é estar na paz, é viver na paz, distante de gente que só te leva pra trás.

Já que não soma, suma! Ignorar certas atitudes é uma benção.

Já que ninguém paga nossas contas, que sigamos em frente, sem ligar para o que os outros digam, fofoquem ou pensem.

Ignorar certas pessoas nos torna mais leves e felizes.

Simplesmente, sorria, brilhe, flua, floresça.

Ter luz própria é a melhor resposta para esses dos quais precisamos, definitivamente, nos afastar. Com toda certeza… Ignorar poupa a alma de muita chateação.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cleonio Dourado
Escrever é uma fuga que sempre uso. Não tenho temas. Não tenho destinos. Alguns devaneios e desatinos, quem sabe. Solto as palavras ao vento. Viajo ao vê-las viajando pelo ar. Recolho as que voltam nos relentos das manhãs e me lavo em seus afagos. Eu me aguo, renasço. Palavras me acariciam a alma, despertam-me sentimentos, paz, calma. Leio, releio, rascunho e escrevo. Faço dos textos da minha lida, as estrelinhas da minha vida