Funcionários se unem para ajudar uma colega de trabalho que perdeu tudo e ficou sem-teto. Eles provaram que a união e a empatia fazem a diferença na vida de todos.

Viva as boas ações, são elas que transformam a vida em uma maravilhosa dádiva. Isso foi o que os funcionários da Chick-Fil-A aprenderam com a história de vida de uma de suas colegas de trabalho.

O que eles fizeram, unindo suas forças, por sua colega de trabalho sem-teto é reconfortante!

Um grupo de trabalhadores da Chick-Fil-A na Carolina do Norte se uniram para garantir que uma de suas colegas de trabalho tivesse um bom lugar para morar. O

ABC 11 de Raleigh contou que a mãe de família, Sheree Carter, começou a trabalhar na Chick-Fil-A em outubro, momento em que ela e sua família estavam desabrigadas e tendo que se mudar entre abrigos e moradias temporárias.

Empregada, ela começou a conseguir se estruturar novamente, e pouco a pouco, foi conseguindo se estabilizar até que encontrou uma moradia fixa para morar. O problema é que ela não tinha condições de comprar os móveis, e ela e suas filhas, estavam tendo que viver em um imóvel praticamente vazio.

Quando Carter finalmente mudou com sua família para sua própria casa, o grupo de funcionários do trabalho (incluindo a dona da franquia Chick-Fil-A), sabendo das condições em que ela estava, resolveram se unir e equipar com móveis, pratos e “até presentes para as crianças”, para que elas pudessem sentir que estavam realmente em novo lar.

Os funcionários e a chefe também lhes deram dinheiro para outras necessidades.

A generosidade pegou Carter de surpresa; ela ficou profundamente agradecida e emocionada e disse à ABC 11:

“Eu nem acho que eles sabiam que eu era uma sem-teto a bem pouco tempo porque eu não mostrei isso.”

Embora a rede de sanduíches de frango tenha construído uma reputação negativa por suas opiniões sexistas, é claro que seus funcionários estão imbuídos no espírito de generosidade.

Quando questionada sobre o que Carter mais queria no momento, ela respondeu: “Ver os rostos dos meus filhos, como eles são felizes”. E poder ter nosso primeiro Natal oficial aqui e não ter que me preocupar com onde vamos ficar no dia seguinte”, disse emocionada.

Carter ligou para a ABC11 querendo mostrar aos colegas de trabalho como ela era grata por sua generosidade.

“Estou simplesmente sobrecarregada com tudo e esta é a minha única maneira de pensar em agradecê-los”, ela nos disse.

A dona da franquia, McCulloh, tem arrecadado dinheiro por meio de sua igreja e entre seus colegas de trabalho e presenteou Carter com um envelope cheio de dinheiro.

“Ela precisa de uma lavadora e secadora também”, disse McCulloh. “Portanto, economizamos algum dinheiro extra; queríamos ter certeza de que poderíamos dar isso a ela hoje.”

Em meio às lágrimas, Carter abraçou sua chefe, agradecendo por tudo que eles fizeram para ajudar sua família.

“O prazer é meu”, respondeu McCulloh. “Queremos oferecer isso a você – realmente queremos dizer que é um prazer servir.

A atitude colaborativa de todos demonstrou que quando nos unimos podemos transformar a vida das pessoas para sempre. E essa história, por mais que tenha acontecido em 2014, é uma maneira de lembrar as pessoas que a solidariedade é o único caminho para superar esse momento de crise. Se todos nós fizéssemos o mesmo, nenhuma pessoa estaria passando por dificuldades nesse momento.

O problema é que falta empatia e generosidade naqueles que possuem muito e querem ter só para si. E quanto mais acumulam bens materiais, mais eles querem, e quanto mais eles tem, e não compartilham, mais pessoas passam por necessidades no mundo.

A ideia do momento é receber para compartilhar. Até quando teremos que viver em um mundo egoísta onde as pessoas pensam só em ter para si mesmas?

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações Eater

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!