Foque em tudo que Deus já te deu e pare de olhar para o que ainda te falta. Não deve ter coisa pior do que se encontrar com a Morte e perceber que esteve morto esse tempo todo.

Se tivéssemos o entendimento que a nossa jornada aqui na Terra é um presente, que viemos para cá em breve passagem, reaprender a amar e evoluir como espíritos, talvez não perdêssemos tanto tempo correndo atrás de coisas banais e acumulando o fútil e o inútil.

Se pudéssemos dar um panorama na vida, iríamos perceber que a estrada não é tão longa assim e quem sabe, começássemos a respeitar o Tempo e não mais gastá-lo perdulariamente, como se fosse infinito.

Ninguém sabe quanto tempo mais tem por aqui.

E ele, o Tempo, é o artigo mais valioso de todo o Universo. Não venda o seu tão barato…

Se você partir amanhã, deixará saudade ou alívio? Para qual dos dois você tem se esforçado?

Se você partir amanhã, as pessoas que você ama saberão? Todas elas? Incluindo aquelas com quem você cortou relações por orgulho e uma desavença boba?

Se tivéssemos consciência do quão ínfimos somos, com certeza não faríamos metade das coisas que fazemos.

Mais do que uma herança gorda em bens materiais, você se certificou que estará deixando lembranças boas e bons valores? É isso que aquece o coração quando a única coisa que temos é saudade.

Se nós soubéssemos o quanto a vida é efêmera…efêmera e linda, como o borbulhar do champagne, talvez usássemos o nosso tempo ficando próximo de quem nos ama, gozando cada segundo de prazer, rindo mais e falando menos mal dos outros; amando mais e odiando menos. Relevando mais e evitando briga.

Talvez parássemos de nos desesperar por tudo aquilo que nos falta e que não nos acompanhará na Eternidade e conseguíssemos verdadeiramente nos alegrar com a trivialidade e a simplicidade do SER, não somente do Ter.

Talvez enxergássemos que pouquíssimas coisas nessa vida são indignas de perdão e que absolutamente nada nem quantia nenhuma nesse mundo supre a falta de um amor genuíno.

Talvez, fôssemos agora, neste instante, correndo atrás do amor de nossas vidas, puxando-o pelo braço e dando aquele abraço, o abraço mais forte e poderoso que existe. Já parou para pensar que a vida pode ter outros planos e que NUNCA MAIS seja possível dar esse abraço?

Tem gente que acha que sempre terá uma nova oportunidade, que sempre poderá retomar de onde parou, que sempre encontrará o caminho de volta. Mal sabem que quando menos se espera, já era…terá se tornado tarde demais.
E o “tarde demais” é logo mais ali à frente.

Peça perdão, independente se tens ou não a razão; diga que ama, por mensagem, carta, telefonema ou sinal de fumaça, mas não deixe de dizer explicitamente.

Volte para onde seu coração entende por lar; casa se encontra em qualquer esquina, lar, não é todo mundo que tem.

Fique, se isso vai te fazer feliz. Ou se vá, se é a experiência que a tua alma anseia. Mas, jamais, perca a vida apenas fazendo planos e sem, de fato, vivê-la.

Onde você quer estar daqui 5 anos? QUEM você quer que esteja ao seu lado?

Feche os olhos agora, se imagine com 10 anos a mais…parece muito? Mas devo alertá-lo, uma década passa em um piscar de olhos. Quanto tempo mais você vai desperdiçar?

Não se trata de tudo que você vai ter conquistado, se trata de quem você terá se tornado nessa busca pelo sucesso.

Se o seu coração sabe bem o nome, sobrenome e endereço da única pessoa que você enxerga ao teu lado daqui a 10 anos, não pense duas vezes; mude a sua rota, dê marcha ré; mas assegure-se de manter teu amor ao lado.

De nada vale viver 100 anos amargurado; apenas tapando o buraco que o teu grande amor deixou.

A vida é um trem em sentido único, que só anda para frente e cujo destino final é o mesmo para todo mundo. Por isso dance, ria mais, faça amor, beije até perder o fôlego; se apaixone sem medo; mude de cidade, quebre seus próprios padrões; mude de emprego.

Foque em tudo que Deus já te deu e pare de olhar um pouquinho para o que ainda te falta.

Na maioria das vezes a gente já tem o essencial, mas só percebe quando perde.

Enfim, aproveite a viagem.

Para quando chegar a sua hora de descer do trem, você poder olhar para trás e sorrir.

Não deve ter coisa pior do que se encontrar com a Morte e perceber que esteve morto esse tempo todo.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Bruna Stamato
"Mãe, mulher, geminiana, maluca e uma eterna sonhadora!"