Parece que aquela frase clichê “nunca é tarde para melhorar e mudar de vida”, se aplica nesse caso como louvor. E Joan MacDonald, de Ontário, Canadá, é o exemplo perfeito disso.

Depois que os médicos disseram à mulher de 73 anos que ela precisaria aumentar a dosagem dos medicamentos se continuasse com seu estilo de vida, foi então que Joan decidiu escutar a filha e aceitou a sua ajuda! Em alguns anos, ela passou de sedentária para modelo de capas de revistas de fitness.

filha-ajuda-mae-de-73-anos-a-perder-mais-de-50-quilos-e-mudar-de-vida

Aos 70 anos de idade, Joan estava: “zangada, frustrada, artrítica e extremamente acima do peso”. Sua filha ao ver o declínio da saúde de sua própria mãe em um lar de idosos a alertou e a fez perceber que era hora de fazer algumas mudanças.

O começo foi difícil.

“Eu nunca deixei as pessoas tirarem fotos minhas porque eu não podia aceitar como eu estava e, no entanto, também não conseguia mudar”, explicou ela em um de seus posts.

“Era um lugar muito difícil de se estar, e eu fiquei naquele lugar por muito tempo.”

Mas a mulher se cansou de se sentir impotente e desconfortável em sua própria pele. Embora não conseguisse se lembrar da última vez que prestara muita atenção à sua saúde, decidiu que era uma questão de ‘agora ou nunca’.

“Você não pode voltar o relógio, mas pode reiniciá-lo novamente!”

“Eu sabia que tinha que fazer algo diferente”, disse MacDonald à Shape.

“Eu assisti minha mãe passar pela mesma coisa, tomando remédio após remédio, e não queria essa vida para mim.”

A filha de Joan, praticante de yoga, levantadora de peso profissional e chef de cozinha a ajudou a alcançar seus objetivos.

Para começar a fazer mudanças, MacDonald teve a ajuda da filha Michelle, nessa transformação.

Joan começou sua jornada ingressando no programa de exercícios on-line de Michelle, concentrando-se na construção de força e resistência. Ela até comprou um iPhone e aprendeu a usar alguns aplicativos para realizar as atividades diárias. Em seguida, acrescentou caminhadas a sua rotina, além de praticar ioga e levantar pesos.

“Decidi que poderia fazê-lo e me recusei a desistir, por mais assustador que fosse”

“Decidi que poderia fazê-lo e me recusei a desistir, não importa o quão assustador fosse ir à academia com artrite, refluxo ácido e vertigem”, explicou ela em um de seus posts. “Eu apenas me concentrei em tomá-lo um dia de cada vez … fiz o meu melhor, me permiti cometer erros e nunca desisti.”

A mulher perdeu 62 quilos e não toma mais nenhum medicamento.

“Estou rezando e me empenhando com coragem para continuar, e continuarei sonhando, realizando meus sonhos para uma melhor qualidade de vida”

É uma inspiração para todos nós, sem dúvidas!

Quem aí está dando mil desculpas para continuar reclamando da vida, ao invés de se empenhar para mudar de vida?

*Tradução e adaptação REDAÇÃO SEU AMIGO GURU. Com informações de Bored Panda.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!