Faça do seu problema, a sua maior motivação e nem se importe com a velocidade do alcance da conquista, só nunca pare e jamais desista.

Algumas pessoas acordam todos os dias e dizem a si mesmas que querem mudar, que já não aguentam mais a situação que vivem, que precisam encontrar novos rumos e ter novas perspectivas de vida. Mas não saem do sofá.

Nem tiram o pé do lugar. Nunca colocam sequer a cara na janela para tentar ver novos horizontes.

Vivem na expectativa da hora certa, do dia certo, do dinheiro, de uma pessoa. E só encontram frustrações. E só dão desculpas.

O medo de assumir transformações na vida, não deixa o sonho chegar.

O medo é o grande matador de sonhos.

Muitos permitem que adormeçam dentro de si, as vontades, as ambições, os objetivos e os desejos. São muitos os que não conseguem realizar absolutamente nada.

Acham as montanhas tão altas que não ousam subir. Acham os desafios tão intensos que não se atrevem lutar. Acham os obstáculos tão grandes que se recusam enfrentar.

O medo de cair, tira toda a possibilidade de conquista das alturas.

E ficam no chão.

E do lugar não saem.

E choram a cada derrota.

O Medo afasta até a sorte.

Quem precisa de mudanças de vida deve enxergar longe.

Precisa abrir os olhos ao invisível. Acreditar no inacreditável. Escutar o inaudível. Fazer o impossível.

Achar a entrada das portas estreitas e corretas e dos trajetos mais difíceis.

Seguir sem ficar olhando muito o que ficou para trás. Ir, sem querer saber demais. Ir para descobrir o que tem lá, aonde desejou chegar.

Isso é possível.

Apenas confie e siga com calma quando lhe disserem que é muito difícil.

O que perdemos já está perdido, concentre-se no que se pode ganhar.

Chorar pelo leite derramado é atitude de derrotado.

Grandes transformações, quando somente sonhadas, nunca são realizadas.

Sonhe alto e tenha a consciência de que é acordado e com os pés no chão que as coisas acontecem.

Faça do seu problema, a sua maior motivação e nem se importe com a velocidade do alcance da conquista, só nunca pare e jamais desista.

Sempre há tempo de retomarmos as rédeas da nossa vida e nos transformarmos no melhor que queremos ser.

Perca o medo que te aprisiona.

Saia de onde está.

Procure outra janela.

Mude de vista.

Faça isso por você!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS

COMENTÁRIOS




Cleonio Dourado
Escrever é uma fuga que sempre uso. Não tenho temas. Não tenho destinos. Alguns devaneios e desatinos, quem sabe. Solto as palavras ao vento. Viajo ao vê-las viajando pelo ar. Recolho as que voltam nos relentos das manhãs e me lavo em seus afagos. Eu me aguo, renasço. Palavras me acariciam a alma, despertam-me sentimentos, paz, calma. Leio, releio, rascunho e escrevo. Faço dos textos da minha lida, as estrelinhas da minha vida