Abelhas adoram flores de cannabis! Elas as ajudam a permanecer vivas, dizem pesquisadores.

Por Antonio Rosselot

Faz pouco tempo que entrou no radar das preocupações públicas o fato de que insetos polinizadores estão morrendo em números catastróficos. Se não formos capazes de reverter essa tendência, vamos ter que enfrentar um tipo muito diferente de futuro – mais para “walking dead” do que para “star trek”. Essa descoberta dos pesquisadores americanos é muito importante para a preservação das abelhas, que tem diminuído perigosamente ao longo do tempo.

Um estudo da Cornell University (EUA) apontou que o ser humano não é o único que encontra alívio – em grande parte – na planta da maconha. A pesquisa, publicada na revista Environmental Entomology, concluiu que as abelhas são altamente atraídas por plantas de cannabis porque seu pólen é saboroso.

abelhas-cannabis
Ruvanboshoff

E embora isso possa encarado por muitos leigos como brincadeira, isso abre uma opção concreta para avançar na preservação desses insetos, cuja população está diminuindo progressivamente ao longo dos anos.

De acordo com os resultados, quanto mais altas e abrangentes as plantas, mais as abelhas irão frequentar esses plantios.

Na verdade, as plantas mais altas atraem 17 vezes mais “hits” de polinizadores do que as menores, e também há 16 variedades de cannabis que podem sustentar colônias de abelhas.

abelhas
Pixabay

Porém, é estranho essa atração, já que é biologicamente impossível que isso aconteça: os insetos não têm receptores canabinóides, como nós humanos temos.

Pode parecer estranho para muitos, já que a planta de cannabis não tem as características que atraem as abelhas com precisão, mas o estudo também mostrou que esses insetos frequentam mais as flores das plantas masculinas, que não têm propriedades psicoativas – do que as plantas femininas, que produzem as flores que são consumidas regularmente.

Como já mencionamos, este estudo é um importante avanço na preservação de colônias de abelhas, responsáveis ​​pela polinização cruzada de flores e por acelerar naturalmente o crescimento de frutas e vegetais que consumimos regularmente.

Resta saber se este experimento é liberado em algumas partes do mundo, mas o simples fato de serem plantas de cannabis encontra entraves burocráticos cheios de preconceito.

O preconceito tem o poder de prejudicar nações inteiras pois é fruto de pura ignorância.

folha-cannabis
iStock

Devemos comemorar as descobertas maravilhosas entorno dessa erva que foi crucificada por tanto tempo e que hoje está mais para uma “santa erva”.

No entanto, a proteção do nosso planeta deve estar sempre acima de qualquer preconceito, seja como for.

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Seu Amigo Guru
Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!