Emocionante: Pai entrega filhos a estranha e pede que ela os leve ao outro lado da fronteira

Eles nunca tinham se visto antes, mesmo assim, um pai lhe confiou seus maiores tesouros para salvá-los da guerra.

Como muitas outras mulheres da Ucrânia, Nataliya Aleyeva fugia sozinha do seu país em guerra. O marido e um casal de filhos adultos tinham sido convocados para o combate, e ela decidiu procurar um lugar seguro na Hungria.

No meio do caminho, uma situação peculiar: um homem que ela nunca tinha visto apareceu e pediu que ela levasse os dois filhos dele – um menino e uma menina.

O homem, de 38 anos, não poderia deixar o país, já que cidadãos entre 18 e 60 anos devem ficar na Ucrânia para lutar. A mulher dele já estava na Hungria. Voltar para pegar os filhos seria arriscado demais.

Ele, então, confiou cegamente naquela estranha, que aceitou o desafio de atravessar a fronteira com as crianças.

Já imaginou o que passou na cabeça desse pai ao tomar tal decisão?

Quanta insegurança ele sentiu ao entregar seus maiores tesouros a alguém que ele nunca tinha visto antes e num local onde o risco de se cair nas armadilhas do tráfico humano é grande?

Mas, certamente, a fé falou mais alto e ele foi inspirado pelo Espírito Santo, que enviou aquela mulher honesta e solidária no momento em que ele mais precisava.

O pai, com o coração apertado, confiou os pequenos à mulher, juntamente com documentos, passaportes e um papel com o contato da esposa dele. Nataliya, por sua vez, agasalhou bem os meninos e seguiu viagem. Ao chegar à Hungria ela entregou as crianças sãs e salvas para a mãe.

O encontro emocionante dela com os filhos e a desconhecida foi destaque no jornal americano Inside Edition.

No vídeo, fica evidente o sentimento de gratidão que marcou o início de uma amizade verdadeira em plena guerra.

Assista:

*DA REDAÇÃO SAG. Com informações Inside e Aleteia.

RECOMENDAMOS









Viva simples, sonhe grande, seja grato, dê amor, ria muito!