Em breve, o presente vai virar passado e você vai conseguir sorrir novamente!

Em breve, muito em breve mesmo, esse presente vai virar passado, e você vai rir muito de tudo isso. Digo que vai rir porque a dor se transformará em alegria, a humilhação em honra, as afrontas em aprendizados, as perdas inesperadas em valores, e o mal em bem.

Você vai se lembrar do quanto já se cansou por esse mundo afora, e das tantas vezes que a sua fé foi mais forte que as circunstâncias.

Você vai entender o porque teve que passar por tudo isso através de cada realização sua, o porque que Deus te distanciou de algumas pessoas, o porque que algumas portas se fecharam, e o quanto você cresceu e aprendeu dentro desses processos dolorosos e demorados.

Você vai compreender os sinais que tantas vezes Ele emitiu pra você através de alguns detalhes, e que, por sentir demais e observar menos, você ignorou.

Você vai agradecer muito a Deus por cada situação, e vai compreender que o que para você era luta, perda, dor e sofrimento, para Ele era só uma preparação.

Deus está cuidando de você. Você está em tratamento para receber o melhor da vida dentro da vontade dEle pra você.

* DA REDAÇÃO SAG. Texto de Cecilia Sfalsin.

“Confie nas obras do Senhor! Não duvide em nenhuma hipótese que Ele quer o melhor para todos nós! Não se aborreça, nem se preocupe, tudo será resolvido em breve, você só precisa esperar, honrar todas as lições e colocar em prática na sua vida! Não reclame, não culpe, não julgue, apenas continue trabalhando no bem, é nesse lugar que você encontrará a vitória. Não perca tempo olhando para fora como quem não sabe o que fazer, olhe para dentro e encontre soluções possíveis, e mesmo que demore mais tempo do que você gostaria, nunca desista!” Iara Fonseca

*Foto de Molnár Bálint no Unsplash

VOCÊ JÁ VISITOU O INSTAGRAM E O FACEBOOK DO SEU AMIGO GURU?

CONSELHOS INSPIRADORES TODOS OS DIAS PARA UMA VIDA PLENA E FELIZ!

RECOMENDAMOS









CECILIA SFALSIN, EVANGÉLICA, Filha do Deus altíssimo. Autora dos livros: Seguir em frente e Minha vontade de vencer é maior. Desprendida, é assim que me descrevo. Levo a vida com delicadeza, e as letras como um escape das rotinas e dos encargos que os dias nos obrigam a assumir. Sou quase amável, cristã, e apaixonada pelo autor da fé e da vida, Jesus.